• SOS Unimed
  • Novo app Jornal O Dia

Cidadania expulsa Dr. Lázaro por quebra de decoro partidário

O vereador da Capital acusou o presidente regional da sigla de "vender o partido" para formar coligações.

31/01/2020 08:16h

A comissão de ética do diretório municipal do Cidadania decidiu expulsar o vereador Dr. Lázaro dos quadros do partido. Em reunião realizada na tarde desta quinta-feira (30), os membros da comissão acataram a denúncia contra o parlamentar, que é acusado de quebra de decoro partidário e de ferir o estatuto e o código de ética, no episódio em que acusou o presidente estadual da sigla, Celso Henrique, de ‘vender o partido’ para formar coligações.

Em reunião, membros da comissão acataram a denúncia contra o parlamentar. (Foto: Divulgação)

 A decisão de expulsar o vereador foi tomada pela maioria absoluta dos membros da comissão de ética do diretório municipal. Agora, ele poderá recorrer ao diretório estadual, para tentar reverter o processo de expulsão. Dr. Lázaro não compareceu a reunião da comissão de ética e foi representado por sua advogada, Karinne Nepomuceno. 

A reportagem tentou contato com o parlamentar, mas até o fechamento dessa edição não obteve retorno. Apesar de afirmar publicamente que ainda deseja permanecer nos quadros do Cidadania, Lázaro tem negociado com outros partidos. Nos bastidores, circula a informação de que ele deve assinar em breve a ficha de filiação ao Patriota

Por: Natanael Souza

Deixe seu comentário