• Piauí Férias de Norte a Sul
  • SOS Unimed
  • Ecotur 2019
  • Novo app Jornal O Dia

Chico Wilson pode sair do PSDB para viabilizar candidatura em 2020

O tucano já foi convidado por pelo menos três siglas, entre elas o MDB

13/07/2019 09:10h - Atualizado em 13/07/2019 09:15h

O ex-vereador Chico Wilson, militante histórico do PSDB no Piauí, estuda a possibilidade de mudar de partido para tentar viabilizar sua candidatura a vereador nas eleições do próximo ano. O tucano já foi convidado por pelo menos três siglas, entre elas o MDB, que faz parte do bloco de oposição ao prefeito Firmino Filho (PSDB) na capital. 

“Estamos vivendo um período em que todas as forças políticas estão conversando entre si. Tive a honra de ter sido vereador da capital por mais de 16 anos e no próximo estarei mais uma vez submetendo meu nome à avaliação do povo da capital. Tenho conversado com várias forças políticas para desenhar os rumos que vamos tomar no próximo ano”, declarou. 

Ex-vereador Chico Wilson (Foto: ODIA)

Nessa sexta-feira, Chico Wilson esteve reunido com o presidente da Câmara Municipal de Teresina, Jeová Alencar, que tem atuado como articulador da chapa proporcional do MDB para 2020. Após a conversa, o ex- vereador não descartou a possibilidade de se filiar ao partido de Themistocles Filho. 

“Já tinha recebido o convite do MDB e de vários partidos. Vamos continuar conversando para que em futuro próximo a gente possa definir o rumo que vamos tomar”, disse o exvereador.

O presidente da Câmara Municipal Jeová Alencar, responsável pelo convite a Chico Wilson, vê com bons olhos a possibilidade de Chico Wilson compor a chapa proporcional do MDB no próximo ano. “Chico Wilson é um amigo nosso e uma pessoa que tem toda uma história de trabalho por Teresina. Foi vereador por quatro mandatos e claro que não podemos deixar de fazer esse convite. Se ele puder estar no mesmo palanque que a gente, ficaremos muito felizes”, disse Jeová.

Por: Natanael Souza

Deixe seu comentário