Centro de Convenções: primeira etapa da obra será entregue em dezembro, diz Governador

A entrega completa está marcada para o dia 12 de março de 2022. A atração musical já foi contratada.

26/08/2021 12:16h

Compartilhar no

O governador do Piauí, Wellington Dias (PT), visitou o Centro de Convenções de Teresina nesta quinta-feira (26) e destacou que as obras estão em ritmo acelerado. A primeira etapa do Centro está prevista para ser entregue até dezembro deste ano. Já a inauguração já tem data marcada: será dia 12 de março de 2022.

“Essa é uma vantagem da Parceria Pública-Privada, porque ela mantém a estratégia do interesse público, mas é feita e gerenciada no ritmo do setor privado. Hoje, estou recebendo o dia 12 de março para a inauguração do novo Centro de Convenções. Provavelmente vamos ter o privilégio de inaugurar em janeiro e fevereiro a parte relacionada aos restaurantes, e, em seguida, a entrega completa”, destacou. 

(Fotos: Divulgação/Ascom)

Viviane Moura, da Superintendência de Parcerias e Concessões do Piauí (Suparc), também enfatizou o ritmo acelerado da obra, que por meio de PPP. Sobre o funcionamento dos espaços, a superintendente pontua que essas definições ficarão à cargo da concessionária.

“O restaurante já entregamos até dezembro e a inauguração, com tudo pronto, dia 12 de março de 2022, com show já contratado. A concessionária irá avaliar as demandas e destinar para os espaços e salas. Tem demandas novas, eles estão trabalhando no setor de eventos e vão começar a trazer algumas coisas novas”, disse.

Wellington Dias lembra que o Centro de Convenções será um importante local para realizar múltiplos eventos, devido aos diversos espaços que terá, como auditórios com capacidade para até 1.200 lugares. O Centro fica localizado entre a Câmara Municipal de Teresina e a Assembleia Legislativo do Piauí (Alepi), além de ficar próximo ao shopping, Tribunal de Justiça, OAB e Fórum.

“Isso aqui é um grande centro de eventos, onde realizamos nossas conferências, encontro do comércio, da indústria, atividades culturais e esportivas.  Nós vamos ter a condição de brigar, ao mesmo tempo, vários eventos. Ao ver essa bela obra de arte recuperada do nosso artista plástico Nonato de Oliveira, confesso que me emociono. E com certeza o Centro de Convenções é um instrumento de desenvolvimento. Teresina é a única capital no interior do Brasil e tem capacidade de sediar os grandes eventos do Piauí, do Nordeste, do Brasil e do Mundo, que é mais uma porta aberta para o desenvolvimento”, completa o governador.

Concessionária

A gestão ficará com a empresa DMDL Montagens de Stands Ltda, que pretende iniciar as obras e entregá-las por etapas, com finalização em até 12 meses. No projeto elaborado pela Secretaria de Estado do Turismo (Setur) e Superintendência de Parcerias e Concessões (Suparc), a empresa terá o uso pelos próximos 20 anos e será responsável pela modernização, exploração, operação e manutenção do equipamento. A concessionária deve investir entre R$7 milhões e R$10 milhões.

Compartilhar no

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário