• SOS Unimed
  • Fagner
  • Trilha das emoções
  • Novo app Jornal O Dia

CCJ deve agilizar projetos econômicos e previdenciários

O presidente da comissão, deputado Júlio Arcoverde, afirmou que a Comissão deve manter uma relação institucional com o governo do Estado.

04/06/2019 07:03h - Atualizado em 04/06/2019 07:58h

De volta à Assembleia Legislativa do Piauí (Alepi) e com a missão de presidir a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), principal grupo parlamentar da Casa, o deputado Júlio Arcoverde (Progressistas) afirmou, em entrevista à imprensa local, que deve manter uma relação institucional com o governo do Estado, mas dará agilidade a tramitação de matérias que deem mais fôlego econômico ao Executivo.

“A comissão vai analisar os projetos. Têm muitos do governo, em relação a parte financeira que irão chegar na Casa e a parte previdenciária do Estado e vamos dar analise, tentar ser o mais rápido possível”, declarou o parlamentar, que ainda enfatizou o papel da CCJ como instrumento para ajudar o Executivo estadual em um contexto de uma crise que nacional em sua avaliação.

O presidente da Comissão, Júlio Arcoverde, diz que o momento é de trabalhar para enfrentar a crise - Foto: Assis Fernandes/O Dia

Arcoverde pontuou que, embora a expectativa fosse de uma rápida melhora econômica após a eleição do presidente Jair Bolsonaro (PSL), isso não aconteceu. Ele citou a continuidade da crise política e da desaceleração da economia, dada a queda do Produto Interno no Bruto (PIB) divulgada na última semana, e destacou o papel do legislativo estadual frente a isso. 

“O país está passando por um momento muito difícil, a queda do PIB, uma situação financeira muito ruim e o governador vai ter se adaptar a essa realidade. Nós, como deputados estaduais, temos essa responsabilidade de dar um sentido para que ele possa se adaptar a essa realidade econômica brasileira”, disse o progressista.

Edição: João Magalhães
Por: Breno Cavalcante - Jornal O Dia

Deixe seu comentário