Capitão Tanack se afasta da polícia para ser candidato a vereador

Ele considerado um dos responsáveis por convencer o PMN a integrar a base de apoio a pré-candidatura do Capitão Fábio Abreu

27/08/2020 18:18h - Atualizado em 27/08/2020 18:33h

Compartilhar no

O capitão Tanack Hitler está afastado do Batalhão de Rondas Ostensivas de Natureza Especial (BPRONE) desde o último dia 15 de agosto, prazo estabelecido pela legislação eleitoral, para disputar uma vaga de vereador na Câmara Municipal de Teresina nas eleições de novembro. Ele integra uma extensa lista de militares irão concorrer no pleito desse ano.

Tanack vai disputar a eleição pelo PMN e é considerado um dos responsáveis por convencer o partido a integrar a base de apoio a pré-candidatura do Capitão Fábio Abreu (PL) à Prefeitura de Teresina. O militar afirmou que iniciou a pré-campanha com reuniões e em busca de adesões em diversas regiões da capital.

“Como quem é militar não se filia a partido, apenas no ato da convenção estarei com o PMN. Estamos numa correria, com muitas reuniões, muitas adesões, e estamos com muita expectativa. O partido inicialmente não estava fechado com o Fábio Abreu, mas depois de várias reuniões conseguimos mostrar que esse era o nome que deveríamos apoiar nessa disputa”, disse Tanack. Ao todo, o PMN tem 44 nomes para disputar à Câmara Municipal.

Foto: Capitão Tanaka / Arquivo O Dia

O capitão Tanack revelou que vai abordar diversos temas, contudo, a segurança deve ser a bandeira principal. Para ele, a atuação das forças policias pode ocorrer de forma mais efetiva na capital. “Temos muitas ideias para Teresina, mas o maior, que falo com mais propriedade é sobre segurança. O teresinense precisa de propostas para essa área”, destacou.

Tanack é conhecido pela atuação contra som automotivo. Em sua carreira, se envolveu em diversas polêmicas que dividiram opiniões. No ano passado, em áudio que circulou em grupos de WhatsApp, supostos criminosos o ameaçaram ao afirmarem que ‘tirariam o coração do policial’. 

Compartilhar no
Por: Otávio Neto

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário