• Curta Doar
  • Teresina 167 anos
  • Casa dos salgados
  • Novo app Jornal O Dia

Bolsonaro vai decidir como será o PSL no Piauí para as eleições 2020

O militar não quis participar da composição atual da executiva do partido no Estado.

07/08/2019 06:55h

O presidente Jair Bolsonaro ainda não se envolveu no processo eleitoral de 2020 e nem nas executivas formadas pelo PSL nos estados. O entendimento é do Major Diego Melo, liderança política do PSL que preferiu não ocupar cargo na direção regional do partido e tem visto com ressalvas o envolvimento da sigla com lideranças que não votaram em Bolsonaro. 

“No momento que se aproximar a eleição, o Bolsonaro deve decidir como será o PSL nos estados. A gente aguarda a decisão do presidente, de como ele vai se posicionar e no Piauí com certeza o PSL será fortalecido. Até o momento ele não se envolveu e nem se manifestou”, pontuou Major Diego, que em 2018 disputou o cargo de deputado federal e obteve mais de 17 mil votos. 


O militar não quis participar da composição atual da executiva - Foto: Elias Fontinele/O Dia

O militar acredita que os candidatos que atrelarem a imagem a Jair Bolsonaro, serão beneficiados nas eleições do ano que vem. Ele afirma que o atual presidente tem melhorado o desenvolvimento de políticas públicas nas áreas de segurança, economia, Justiça, e que o povo piauiense reconhecerá isso nas urnas. 

“O Bolsonaro teve 350 mil votos e de lá pra cá o Brasil já melhorou muito. Tudo isso vai contribuir para somar e ter força junto aos seus candidatos, em oposição ao sistema viciado. Com a inteligência do Bolsonaro vamos ter opção de mudança em todos os municípios’, aponta.

Por: João Magalhães - Jornal O Dia

Deixe seu comentário