Bolsonaro não trouxe nada para o Piauí, diz Franzé Silva

As críticas foram feitas durante agenda de viagens por municípios da região Extremo Sul do Piauí. Parlamentar disse ainda que o desemprego é o “maior problema na casa dos brasileiros”

15/11/2021 09:21h

Compartilhar no

O deputado estadual Franzé Silva (PT) fez duras críticas ao governo Bolsonaro, durante sua agenda de viagens por municípios da região Extremo Sul do Piauí, que iniciou na última sexta-feira (12) e se encerrou neste domingo (14).


“O que Bolsonaro e o ministro Ciro Nogueira trouxeram para o Piauí? Até agora, não veio nada. Aliás, só veio achincalhamento, só vieram críticas infundadas. Enquanto isso, o país vive o grave problema do desemprego, com 14 milhões de pessoas desempregadas”, assinala.


Na visão de Franzé, o desemprego é o “maior problema na casa dos brasileiros”. “O desemprego traz fome, doença, desesperança e o governo não faz nada de concreto para mudar a realidade econômica desse país, só atrapalha”, assevera o deputado.

Foto: Ascom

Franzé visitou as cidades de Corrente, Sebastião Barros, Cristalândia, Monte Alegre, Gilbués e Colônia do Gurguéia. O parlamentar relata que, durante sua agenda em Sebastião Barros, visitou a casa de amigas e se deparou “com realidade do fogão a lenha”.

“Nunca mais eu tinha presenciado essa cena que vem afetando as famílias brasileiras e a culpa é desse governo desastroso de Bolsonaro, que está desmontando tudo o que o presidente Lula deixou de bom para o povo brasileiro, especialmente para os mais pobres”, observa.

O deputado estadual Franzé Silva também criticou o que considera ser o “desmonte do programa Bolsa Família” e a PEC dos Precatórios. “Estão criando o maior calote da história política do Brasil. Essa PEC vai criar uma grave insegurança jurídica que afetará as vidas de todos os brasileiros”, pontua.

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no

Deixe seu comentário