Bebê venezuelano de oito meses morre em hospital com suspeita de maus-tratos em Teresina

A criança deu entrada na unidade hospitalar acompanhada da avó materna, também venezuelana, por volta das 10h44 desta sexta-feira. A mãe da criança é uma adolescente de 12 anos

12/11/2021 16:04h - Atualizado em 12/11/2021 17:08h

Compartilhar no

Um bebê venezuelano, de oito meses e três dias, morreu na tarde desta sexta-feira (12) após receber atendimento noHospital Geral do bairro Buenos Aires, na Zona Norte de Teresina. Segundo o Conselho Tutelar, a mãe da criança é uma adolescente de apenas 12 anos. A suspeita é de maus-tratos.

Policiais do 9º Batalhão da Polícia Militar (PM) e conselheiros tutelares foram acionados pela assistente social da unidade de saúde. A criança deu entrada na unidade hospitalar acompanhada da avó materna, também venezuelana, por volta das 10h40.

Foto: Jailson Soares/ODIA

O conselheiro tutelar Vitor Leonardo informou à O Dia TV que médicos da unidade constataram que a criança teria morrido por falta de ar. Ela também tinha hematomas por todo o corpo. Ainda não há informações se a criança teria sido espancada ou asfixiada.


 “A gente tem poucas informações porque ainda estamos apurando o caso. Recebemos a informação da assistente social do hospital informando que a criança estava com hematomas pelo corpo. Quando chegamos para atender a demanda, ficou constatado que a criança veio a óbito. Agora serão feitos os devidos procedimentos, como o Boletim de Ocorrência, para que o delegado possa repassar maiores esclarecimentos para chegar a conclusão do que aconteceu realmente com essa criança”, disse.


Foto: Jailson Soares/ODIA 

Ainda segundo o conselheiro, avó da criança não conseguiu se comunicar, pois não falava português fluentemente. A princípio, a família teria vindo de outros estados.  

 “Ainda não pegamos as informações com a avó da criança porque ela não fala português fluente. A princípio, ela veio mais para acompanhar, trazida pelo pessoal do abrigo. Havia a necessidade de um tradutor para comunicação”, explicou.


O caso está sendo investigado pela Polícia Civil. A mãe da criança deve ser depor ainda nesta sexta-feira. Ambas moravam no Centro Social Urbano (CSU) do Buenos Aires, na Zona Norte de Teresina.  

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no
Fonte: Com informações de Chico Filho e Jailson Soares/ODIA

Deixe seu comentário