Bancada piauiense rejeita por 7 x 3 o voto impresso; veja quem votou contra

O projeto precisava de 308 votos favoráveis e obteve apenas 229 votos, perdendo por expressivos 79 votos

11/08/2021 07:58h - Atualizado em 11/08/2021 12:24h

Compartilhar no

Por ampla maioria a bancada federal do Piauí colaborou com o arquivamento da PEC do Voto Impresso, rejeitada no Plenário da Câmara Federal já no fim da noite da última terça (10). O projeto que determinava a impressão de “cédulas físicas conferíveis pelo eleitor” precisava de 308 votos favoráveis dos deputados e obteve apenas 229 votos, perdendo por expressivos 79 votos. 

Na bancada do Piauí apenas 30% dos deputados apoiaram o projeto, três dos dez parlamentares. Votaram a favor do voto impresso Iracema Portella (Progresssistas), Marina Santos (Solidariedade) e Júlio César (PSD).  Já contra a medida foram sete votos; Átila Lira (Progressistas), Fábio Abreu (PL), Flávio Nogueira (PDT), Marcos Aurélio Sampaio (MDB), Margarete Coelho (Progressistas), Merlong Solano (PT) e Rejane Dias (PT) 

Após a votação, o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), agradeceu aos deputados pelo comportamento democrático. “A democracia do Plenário desta Casa deu uma resposta a este assunto e, na Câmara, espero que este assunto esteja definitivamente enterrado”, afirmou.

FOTO: Cleia Viana/Câmara dos Deputado


Compartilhar no
Fonte: Com informações da Agência Câmara

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário