Assembleia vai investigar "œdesmonte" na saúde de Teresina

O possível fechamento de hospitais e os problemas no agendamento da vacinação devem ser investigados

27/08/2021 08:55h

Compartilhar no

A Assembleia Legislativa do Piauí aprovou a realização de uma audiência pública para investigar o “caos” na saúde de Teresina. A audiência foi proposta pela deputada estadual Teresa Britto (PV) e deve apurar os problemas enfrentados pela capital com o possível fechamento de hospitais e alentidão na vacinação. Recentemente o sistema de agendamento da vacinação contra a Covid-19 enfrentou sérios problemas e várias pessoas relataram que não conseguiram agendar a vacina. O presidente da Fundação Municipal de Saúde, Dr. Gilberto Albuquerque, será convocado a prestar esclarecimentos para os parlamentares.

Propositora da audiência, a deputada Teresa Britto criticou o que chamou de “desmonte” o que estaria ocorrendo na saúde da capital e criticou as medidas propostas pelo atual prefeito.

“Queremos ver o planejamento do trabalho da prefeitura, temos informações extrajudiciais que teremos fechamento de hospitais com menos de cinquenta leitos em Teresina. Nesta situação temos várias unidades, temos o hospital da primavera, da santa maria da codipi, no parque piauí, não queremos o fechamento, pelo contrário, queremos ampliar. Também vamos investigar essa questão dos hospitais da mulher, queremos saber sobre essa pretensão de centralizar tudo em um lugar só, mesmo sem ter nenhuma estrutura ainda, não vemos isso com bons olhos. Não vamos deixar que aconteça um desmonte na saúde municipal” afirmou a parlamentar.

De acordo com a Fundação Municipal de Saúde, o Ministério da Saúde já afirmou que fará o descredenciamento de unidades de saúde com menos de 50 leitos, por isso as unidades podem ser transformadas.  

FOTO: THIAGO AMARAL/Ascom Alepi

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no

Deixe seu comentário