Após saber que processo de Aécio pode ser reaberto, Senador passa mal

João Alberto Souza, responsável pelo arquivamento da representação contra Aécio Neves no Conselho de Ética, foi informado de que processo pode ser reaberto

28/06/2017 08:55h

Compartilhar no

O presidente do Conselho de Ética do Senado, João Alberto Souza, passou mal na tarde deste terça-feira (27), e foi levado às pressas para o hospital.

Ele começou a apresentar os primeiros sinais de que não estava bem depois de ser informado que um grupo de senadores havia conseguido o número de assinaturas necessário para desarquivar a representação contra Aécio Neves.

Neste terça (27), foi protocolado no colegiado uma solicitação, rubricada por cinco parlamentares, para que o processo do tucano seja reaberto.

Como presidente do Conselho, João Alberto, por sua conta e risco, foi quem decidiu enterrar a denúncia que pedia a cassação do mandato de Aécio.

Mesmo visivelmente combalido, ele se recusava a seguir os conselhos de seus assessores de ir para o hospital. João Alberto só decidiu procurar um médico após Eunício Oliveira, chamado por servidores do gabinete, convencê-lo de que a situação poderia ser grave.

Compartilhar no
Fonte: Veja

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário