Madeiro

“Parem de comentários maldosos”, diz vice ao assumir prefeitura de Madeiro

Pedro Filho fez referência aos comentários que surgiram na cidade de que ele poderia estar envolvido com a morte do prefeito

01/12/2021 14:42h - Atualizado em 01/12/2021 17:18h

Compartilhar no

O vice-prefeito de Madeiro do Piauí, Pedro Filho (Progressista), assumiu nesta quarta-feira (01) a prefeitura do município após o assassinato do prefeito Zé Filho (Progressista) no último domingo (28). Em solenidade realizada na Câmara Municipal de Vereadores, o novo gestor se emocionou durante o discurso ao citar o crime e relembrar a trajetória do ex-prefeito.


Leia também: Madeiro: morte do prefeito Zé Filho teria sido motivada pela demissão de um parente 


No pronunciamento, Pedro Filho fez referência aos comentários que surgiram na cidade de que ele poderia estar envolvido com a morte do prefeito. “Parem de comentar, parem de aumentar a dor da família. Às vezes comentários maldosos. Só quem sabe de tudo é Deus. As pessoas vão deitar em casa e saber diretamente por que aconteceu isso. Quero pedir paz a todos vocês”, disse. 

Foto: Divulgação

O prefeito empossado citou a relação de amizade que manteve com Zé Filho desde o início de sua carreira política. Pedro Filho comentou também que não possui desavenças com os demais líderes políticos do município e repetiu em vários momentos que possui o espírito desarmado. 

“Vocês não têm noção de quanto meu coração e meu espírito...(choro). Sempre tive um espírito desarmado, peço a Deus me dê à sabedoria do Rei Salomão, que as pessoas orem pelos familiares. Sempre tive meu papel conciliador, mas sempre existe as pessoas que estão lá para fazer o papel da maldade”, disse 

“Hoje me encontro recebendo o rumo desse município, mas com o espírito desarmado. Sempre trouxe paz para ele, nunca tive problema com nenhum político para essa cidade. Nunca tive problema pessoal com ninguém, sempre respeitei as pessoas”, reforçou na tribuna da Câmara. 

O gestor pediu paciência à população e declarou que cumprirá com os compromissos firmados pelo prefeito assassinado. Aos parlamentares, ele afirmou que manterá diálogo aberto e finalizou pedindo paz na cidade. 

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no

Deixe seu comentário


Notícias Relacionadas