• Campanha da Santa Missa
  • Vencer 03
  • Vencer 02
  • Vencer 01
  • Prerrogativas da advogacia
  • Peregrinos da fé
  • Novo app Jornal O Dia

“Não vou tirar do bolso”, diz Ciro sobre indicar vice

O cargo de vice na chapa governista está reservado ao partido de Ciro, que vai dialogar com as bases.

10/03/2020 08:03h

Em meio a chegada de novos vereadores da capital aos seus quadros, o Progressistas (PP) avalia nomes para compor a vice na chapa do PSDB na disputa pela Prefeitura de Teresina nas eleições deste ano. A indicação, porém, só deve ocorrer após o nome tucano ser oficializado por Firmino Filho (PSDB).


Leia também: Se Firmino “precisar”, Progressistas pode recuar da indicação de vice 


“Vamos passar por um processo de escolha. Será um vice que venha a somar com o candidato, que aglutine em todos os sentidos. Pode ter certeza, não vou tirar o vice do bolso, vou discutir com o prefeito e com o próprio candidato, alguém que ajude na gestão da cidade”, afirmou o senador Ciro Nogueira, presidente nacional da sigla.


Ciro Nogueira comandou solenidade de filiação de lideranças ao partido - Foto: Reprodução

Especula-se uma das opções do PP para a vaga é o ex-prefeito Sílvio Mendes, que deixou a legenda em 2018. Apesar dos dirigentes do partido negarem essas tratativas, manifestaram o desejo de ter novamente o ex-gestor em seu quadro de filiados. “É um sonho se ele puder voltar ao nosso partido”, disse o mandatário progressista.

Além da condução do PP em torno das eleições na capital, Ciro deve intensificar sua participação na coordenação das candidaturas do partido no interior do estado. “Em junho vou tirar licença, pois quero percorrer os 224 municípios”, concluiu o parlamentar, provável candidato à sucessão de Wellington Dias (PT) em 2022.

Por: Breno Cavalcante, do Jornal O Dia

Deixe seu comentário