• Banner Cultura Governo do PI
  • Obras no Litoral Cultura
  • SOS Unimed
  • Novo app Jornal O Dia

“Não defendemos bandidos”, diz o vereador Edson Melo

As declarações foram dadas no contexto de uma possível vinda do ex-presidente Lula ao Piauí.

29/11/2019 06:39h

O vereador Edson Melo, presidente do diretório municipal do PSDB em Teresina, não mediu palavras para rebater as declarações do deputado Cícero Magalhães, atual mandatário do Partido dos Trabalhadores (PT) na capital piauiense, que sugeriu aos tucanos trazer o deputado Aécio Neves para as agendas tucanas no Estado.


Leia também: Edson Melo diz que candidato de Firmino Filho não precisar ser do PSDB


 “O PSDB tem uma característica que é bem diferente do PT, não defendemos bandidos nem gente condenada, de forma alguma. O Aécio não foi expulso do partido mas o processo de expulsão está correndo em São Paulo e não iremos defender, não é nosso estilo”, disparou o vereador.


Edson Melo é presidente do diretório municipal do PSDB em Teresina - Foto: Arquivo O Dia

As declarações foram dadas no contexto de uma possível vinda do ex-presidente Lula ao Piauí, onde participaria de um ato político à pré-candidatura do deputado Fábio Novo (PT) à Prefeitura de Teresina, atitude duramente criticada pelo vereador tucano.

Ele lembrou que o ex-presidente já possui duas condenações em segunda instância na Operação Lava Jato, a mais recente na última quarta-feira (27) por decisão do Tribunal Regional Federal da 4° Região (TRF4). “Vamos trazer um condenado? Acho que é muita audácia do Partido dos Trabalhadores!”, finalizou Melo.

Por: Breno Cavalcante, do Jornal O Dia

Deixe seu comentário