• Banner Cultura Governo do PI
  • Obras no Litoral Cultura
  • SOS Unimed
  • Novo app Jornal O Dia

“Lamento o tom de agressividade”, diz WD sobre declarações de Firmino

Para o petista, os ataques a ele e ao seu partido representam uma antecipação de uma discussão que, segundo ele, só deveria acontecer em 2020.

27/11/2019 06:44h

As declarações do prefeito Firmino Filho (PSDB), bem como de alguns aliados e integrantes de sua equipe administrativa, sobre o Governo do Estado e a pré-candidatura do Partido dos Trabalhadores (PT) à Prefeitura de Teresina foram rebatidas pelo governador Wellington Dias (PT)


Leia também: Firmino diz que PT não vai levar Fábio Novo até o final 


Para o petista, os ataques a ele e ao seu partido representam uma antecipação de uma discussão que, segundo ele, só deveria acontecer em 2020, quando das eleições municipais. “Mantenho a minha posição e lamento muito o tom de agressividade a que está chegando. Compreendo que a população não tolera política o tempo todo, acho que este ano não é de eleição”, disse.


“Lamento o tom de agressividade”, diz WD sobre declarações de Firmino - Foto: O Dia

Além das críticas a respeito dos repasses de coparticipação para os serviços de Saúde da capital, Firmino afirmou à imprensa que Dias não realizava uma boa administração do Estado. Ele também questionou a viabilidade do pré-candidato Fábio Novo (PT) para disputar as eleições do próximo ano, declarações ratificadas por aliados tucanos.

Por sua vez, o governador enfatizou que não pretende entrar em discussões acaloradas neste período pré-eleitoral. “Este ano e enquanto for possível no próximo ano, minha orientação é trabalhar muito, porque é isso que entendemos ser prioridade no Piauí”, concluiu.

Por: Breno Cavalcante, do Jornal O Dia

Deixe seu comentário