Vigia que reagiu a assalto morre em Teresina

Ele matou um dos bandidos que tentaram invadir o Senai da Primavera. Polícia já tem nomes.

25/04/2014 08:32h

Compartilhar no

O vigilante da Cet-Seg, Ronaldo Airton Rodrigues Pereira, (foto ao lado) natural de José de Freitas,  veio a óbito por volta das 20 horas de ontem, após ser baleado em uma tentativa de assalto ao Senai do bairro Primavera na noite da última terça-feira (23). Na ocasião, ele reagiu à investida dos assaltantes e chegou a matar um deles.

Ronaldo Airton foi atingido por quatro disparos durante a troca de tiros na região lateral do corpo. “Ele estava usando o colete balístico, mas os tiros pegaram bem na lateral do abdômen que fica à mostra já que o colete só protege a frente e as costas”, explicou o comandante de policiamento da capital, coronel Alberto Menezes.

 O vigia foi levado às pressas pelo SAMU para o HUT, mas estava consciente e seu estado era considerado estável. O vigilante chegou a ser transferido para um hospital particular em Teresina ainda na terça-feira, mas seu quadro apresentou uma piora durante na tarde de ontem e sua morte foi confirmada no começo da noite.

Polícia sabe quem efetuou os disparos que matou o vigia

Dos quatro criminosos que participaram da tentativa de assalto ao Senai da Primavera, um saiu ferido e deu entrada no Hospital do Matadouro, um foi morto por Ronaldo Airton e os outros dois conseguiram fugir em uma motocicleta.

Através das imagens das câmeras de segurança do local, a polícia já conseguiu identificar os dois foragidos e segue em diligências à procura deles. Os nomes não foram relevados por conta das investigações

O caso segue sob a coordenação da Delegacia de Homicídios.

Compartilhar no

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário