Trecho da BR 135 onde ocorreu tombamento de caminhão-tanque segue interditado

Segundo a PRF, a interdição do trecho é necessária porque o risco de incêndio ainda é altíssimo, e não há previsão para que ocorra a liberação.

25/07/2017 10:07h - Atualizado em 25/07/2017 16:24h

Compartilhar no

A Polícia Rodoviária Federal informou na manhã desta terça-feira (25) que permanece interditado o trecho da BR 135 onde ocorreu o tombamento de um caminhão-tanque carregado de combustível, no último sábado. O acidente ocorreu entre os municípios de Marcos Parente e Eliseu Martins.

Cerca de 30 mil litros de combustível foram derramados no asfalto e na areia à margem da pista. Segundo a PRF, a interdição do trecho é necessária porque o risco de incêndio ainda é altíssimo, e não há previsão para que ocorra a liberação.

Por recomendação dos técnicos da Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semar), o trecho da BR 135 continua isolado por tempo indeterminado, até que toda a operação seja concluída, por questões de segurança. “Nessa segunda-feira (24), foi realizado o transbordo do combustível que permanecia no veículo acidentado para outro caminhão que seguiu para a Petrobras em Teresina. O Corpo de Bombeiros fez o resfriamento do caminhão-tanque para que a carreta fosse destombada, a fase mais delicada da operação, porque qualquer atrito ou centelha poderia provocar uma explosão. Mas tudo foi feito com o máximo de cuidado e segurança”, informa o gerente de Fiscalização da Semar, Renato Nogueira.

Enquanto isso, os condutores de veículos estão utilizando via alternativa um trecho de aproximadamente 7 km da rodovia estadual PI 394. Policiais rodoviários permanecem no local para realizar o controle de tráfego. "A areia misturada com combustível vai ser retirada e vai ser colocada outra areia no local. O problema é o combustível que infiltrou na areia e no asfalto. Tratores vão retirar a areia contaminada e colocar outra areia para evitar contaminação do lençol freático", informou a PRF, por meio de nota.

O trabalho de destombamento do veículo precisou ser feito com bastante cautela, e bombeiros permaneceram de prontidão durante todo o processo. O veículo já foi removido do local.


Compartilhar no
Por: Cícero Portela

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário