• Banner Cultura Governo do PI
  • Obras no Litoral Cultura
  • SOS Unimed
  • Novo app Jornal O Dia

Morte no Renascença e arrastão no São Pedro marcam noite na Capital

Segundo a PM, na vítima do homicídio na zona Sudeste estaria fazendo assalto e uma vítima teria reagido. No São Pedro, bandidos fugiram sem levar nada.

23/10/2019 07:51h - Atualizado em 23/10/2019 16:35h

Um homem ainda não identificado pela polícia foi assassinado a tiros no final da noite desta terça-feira (22) no bairro Renascença, zona Sudeste de Teresina. Segundo informações do 8º Batalhão de Polícia Militar, ele estaria praticando assaltos na região, acompanhado de um comparsa, quando, em uma abordagem, uma das vítimas teriam reagido.


Leia também: Zona Norte: Homem é agredido por moradores após assalto 


O suspeito foi alvejado com pelo menos três disparos de arma de fogo. A PM ainda não sabe informar de onde partiram os tiros. O comparsa que pilotava a motocicleta conseguiu fugir logo após os tiros e também ainda não foi localizado. Ao fazerem o isolamento do local do crime, os policiais revistaram o corpo do suspeito, mas nenhum documento de identificação foi encontrado e nenhum familiar compareceu para fazer se reconhecimento.

Policiais fizeram diligências na região, mas ninguém foi preso até o momento. O caso seguirá sob investigação pela Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). 


Foto ilustrativa: O Dia

Bandidos fizeram arrastão na zona Sul

Se na zona Sudeste, a noite foi marcada por tiros e um homicídio, na zona Sul da Capital, o que tirou o sossego dos moradores foi um arrastão. Uma dupla armada invadiu residências no bairro Pio IX após roubarem um veículo no bairro São Pedro. 

O caso começou por volta das 19 horas, quando os suspeitos abordaram uma mulher na saída de uma academia no São Pedro e roubaram seu carro, um modelo Ônix de cor branca. Eles usaram o carro para se dirigir até o Pio IX, onde invadiram residências e roubaram eletrodomésticos. O problema foi que na fuga, os suspeitos retornaram ao carro, mas ele não saiu do lugar, sequer ligou.

De acordo com a PM, é que o veículo possuía um sistema de monitoramento que desativou seu sistema e o impediu de funcionar. Sem ter como se locomover, os bandidos fugiram a pé e no meio do caminho, eles roubaram a motocicleta de um rapaz que trafegava pela Avenida Gil Martins. Até o momento, nenhum deles foi identificado. Os produtos de roubo ficaram para trás e o veículo roubado da mulher na porta da academia lhe foi restituído sem maiores prejuízos.

Por: Maria Clara Estrêla

Deixe seu comentário