Suspeito em participar de chacina de família em Florianópolis é preso

O jovem, de 21 anos, foi capturado em uma ação conjunta de policiais brasileiros e uruguaios ao tentar cruzar a fronteira entre os dois países.

11/08/2018 11:22h

Compartilhar no

Um suspeito de participar da chacina de cinco pessoas em um apart-hotel em Canasvieiras, em Florianópolis, no dia 6 de julho, foi preso nesta sexta-feira (10), em Santana do Livramento (RS), na divisa entre o Brasil e o Uruguai.

O jovem, de 21 anos, foi capturado em uma ação conjunta de policiais brasileiros e uruguaios ao tentar cruzar a fronteira entre os dois países. Ele foi encaminhado para um presídio local e deverá ser transferido para Santa Catarina nos próximos dias.

Suspeito em participar de chacina de família em Florianópolis é preso. (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

Não há informações sobre os outros dois suspeitos de participação no crime.

As cinco vítimas, sendo quatro da mesma família proprietária do apart-hotel, foram encontradas mortas e amarradas no dia 6 de julho.

As vítimas foram identificadas como Paulo Gaspar Lemos, 78, seus três filhos, Paulo Gaspar Lemos Junior, 51, Katya Gaspar Lemos, 50 e Leandro Gaspar Lemos, 44, e Ricardo Lora, 39 -este era funcionário do hotel, sem passagens policiais.

Segundo o Comando Regional da Polícia Militar de Florianópolis, seis pessoas foram feitas reféns por três invasores armados por volta das 16h de 4 de julho, no hotel Daytona Beach Residence. Uma funcionária conseguiu fugir e informar a polícia, que chegou ao endereço por volta da meia-noite.

Os corpos das cinco vítimas foram encontrados em diferentes quartos e andares do apart-hotel. Num dos cômodos foi inscrita a sigla "PCC" (Primeiro Comando da Capital) na parede.

Para a polícia, entretanto, a inscrição pode indicar uma tentativa de tirar o foco da autoria do crime.

Uma das linhas de investigação apura uma possível vingança por dívidas deixadas por Paulo Gaspar Lemos em Santa Catarina e São Paulo.

Compartilhar no
Fonte: Folhapress

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário