Quadrilha faz vítimas através de ligações telefônicas

Vítima chegou a recarregar R$ 74 de crédito no celular de DDD 62

19/12/2013 17:53h - Atualizado em 19/12/2013 18:12h

Compartilhar no

Na tarde desta quinta-feira, (19) uma senhora de 56 anos foi vítima de uma quadrilha que tem agido recentemente a partir dos DDD's 62 e 65. Várias pessoas já relataram terem recebido essa ligação, mas em sua maioria nem chegaram a tender o telefonema.

Por volta das 13h, a Dona Pedrina Lopes, aposentada recebeu uma ligação no qual um homem se passou por um primo da vítima, na "história" a pessoa alegou que estava com o carro quebrado no Balão da Tabuleta, Zona Sul de Teresina e pediu que a senhora fizesse uma recarga em seu celular.

A vítima ligou para uma cunhada, Ester, que trabalha numa farmácia e fez a recarga. O homem chegou a retornar a ligação dizendo que a recarga não teria dado certo, nisso D. Pedrina chegou a gastar R$ 74. O homem chegou a pedir que a senhora fizesse um depósito de R$ 540 em uma determinada conta e, foi a partir daí que ela percebeu que não se tratava desse parente que ela acreditava ser.

Segundo Diego Lopes, filho da vítima a tal ligação foi feita do número (62) 9449-0552. "Eles foram tão convincentes na ligação que ela nem lembrou de perguntar o nome da pessoa que estava do outro lado da linha", afirma Diego. Quando entraram em contato com a Polícia Federal para relatar o caso, foram apenas orientados a não atender mais as ligações e que a quadrilha estava agindo na região.

Compartilhar no

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário