Quadrilha de estelionatários é presa após aplicar golpe

Bando atuava falsificando boletos de pagamento.

07/05/2014 18:19h - Atualizado em 07/05/2014 18:40h

Compartilhar no

Um grupo formado por seis pessoas foi presa na tarde desta quarta-feira (07) após aplicar um golpe no valor entre R$ 6 mil a R$ 7 mil na loja Supriforms. A quadrilha atuava falsificando boletos de pagamento.

Fotos: Izabella Pimentel/ODIA

O bando é liderado por Evaldo Colin Junior, que mora do Ceará. Ele e mais dois integrantes identificados como Jefferson Ferreira Costa e Daniele Lima de Araújo, também do Ceará, foram presos em um hotel de Teresina. Eles estavam hospedados em uma suíte de luxo. O restante da quadrilha mora no bairro Promorar. Andrew Cassio Miranda, Francisco Romenio Camargo e Francisco Paulo de Souza Brito foram presos dentro da loja da Supriforms.

O delegado Riedel Batista, do 1º DP, informou que o grupo só agiu por dois dias em Teresina. “Por enquanto, não há relatos de outras vítimas”, disse o delegado.


Delegado do 1º DP, Riedel Batista

Segundo o gerente da Supriforms, Sidney Oliveira, a quadrilha ligava para o sistema de televendas e fazia a compra. Em seguida eles simulavam o pagamento do boleto. “Eles compraram produtos eletrônicos como monitor, HD e notebooks”, disse o gerente, que percebeu a falsificação e denunciou à polícia.

Junto com os integrantes da quadrilha foram encontrados R$ 2.200 em dinheiro, documentos falsos, relógios e lingeries, além dos produtos da Supriforms, que também foram apreendidos. O bando será encaminhado à Central de Flagrantes de Teresina. Os seis serão indiciados por estelionato, formação de quadrilha e uso de documentos falsos. Segundo o delegado Riedel Batista, o  líder do grupo já foi preso no Ceará pela prática do mesmo crime. 


Evaldo Colin Junior, líder da quadrilha


Jeferson Ferreira Costa


Daniele Lima de Araújo


Andrew Cássio Miranda


Francisco Romênio Camargo


Francisco Paulo de Sousa Brito


Compartilhar no
Por: Izabella Pimentel (do local) e Nayara Felizardo (redação)

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário