Preso suspeito de se passar por policial e estuprar garotas de programa

Segundo as investigações, ele usava arma para ameaçar vítimas e era agressivo.

15/06/2017 12:44h

Compartilhar no

Um homem de 29 anos foi preso na quarta-feira (14) suspeito de se passar por policial civil e estuprar garotas de programa em Itumbiara, no sul de Goiás. As investigações mostraram que ele marcava encontro e ameaçava as vítimas com uma arma.

 
Registro da prisão do acusado. Foto: Reprodução/TV Anhanguera

Segundo a polícia, o homem encontrava informações sobre as garotas de programa em sites e marcava os encontros pela internet. Quando encontrava com as vítimas, usava uma arma para fazer com que não fugissem. As mulheres relataram que ele as agredia.

“Ele marcava o programa e afirmava que era policial civil. Uma das vítimas foi estuprada. Outra conseguiu gritar por socorro e, quando ele viu a movimentação, fugiu”, disse a delegada Yvve de Melo Rocha.

Ele foi localizado após a Justiça conceder um mandado de prisão contra ele. Ele foi detido em casa. Na residência, a polícia encontrou uma espingarda e munições. Agora, a polícia ainda tenta localizar a arma usada para ameaçar as vítimas.

O suspeito foi indiciado por estupro, ameaça e lesão corporal. Ele foi levado para o presídio de Itumbiara.

Compartilhar no
Fonte: g1

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário