Preso acusado de agenciar assassinato de filhos de prefeito

arcos Antônio Solano Feitosa é acusado de agenciar execuções em Fronteiras e Pio IX.

22/12/2010 20:34h

Compartilhar no

Policiais da Divisão de Investigações e Capturas de Rondônia, com base em informações do Núcleo de Inteligência da Polícia Civil do Piauí, prenderam nesta quarta-feira, em Porto Velho (RO), Marcos Antônio Solano Feitosa, o "Marco Baladeira", acusado de agenciar crimes de pistolagem em Fronteiras e Pio IX.

Marcos Feitosa é acusado de, no ano de 2004, ter agenciado a contratação de pistoleiros que assassinaram a tiros os estudantes de Medicina José Marcelo Aires e Márcio Aires, filhos do prefeito de Fronteiras, José Aquiles Filho, o Dr. Marcelo (já falecido). Marcos é primo de Nilson Feitosa, autor do assassinato da estudante Tallyne Teles, em 2009, crime pelo qual foi condenado.

A mãe dos estudantes José Marcelo e Márcio Aires (Foto: O DIA)


Marcos é acusado de agenciar os crimes que eram executados pelos seus primos, Marcos Feitosa, Júlio Feitosa e Elimário Feitosa.


O delegado Bonfim Filho, presidente da CICO, informou que Marco agenciou vários outros crimes, entre os quais o assassinado de Júlio Galdino, ocorrido há sete anos. Ele tem envolvimento também no assassinado do fazendário Antônio Gernásio Alencar, cuja família é de Pio IX. Ele foi morto a tiros após deixar o filho em frente ao colégio Mérito D’Martone, no bairro Ilhotas.


Os estudantes de Medicina, Marcelo e Márcio Aires, foram mortos em 2004 quando chegavam na faculdade de Medicina, em Nova Iguaçu-RJ.


Marco Baladeira deverá ser recambiado para Teresina e ficará preso à disposição da Justiça. Ele tinha sido preso em 2009 e conseguiu liberdade, mas teve a prisão preventiva decretada novamente.

Compartilhar no
Fonte: Jornal O DIA
Por: Oliveira Sales

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário