Preso o suspeito de ter matado mototaxista com um tiro na cabeça na zona Sul

Identificado como Dênis Henrique Gomes da Silva, ele estava escondido em uma casa no Promorar e sendo cuidado pela namorada, que também foi conduzida.

24/04/2019 07:44h - Atualizado em 24/04/2019 08:52h

Compartilhar no

Foi preso por volta das 21 horas desta terça-feira (23) um homem de 26 anos, identificado como Dênis Henrique Gomes da Silva, apontado como sendo o autor do disparo que tirou a vida do mototaxista Ariosvaldo Vieira da Silva. O crime aconteceu na noite da terça da semana passada, dia 16, próximo ao estacionamento de um supermercado localizado na Avenida Barão de Gurgueia.

Dênis foi detido em uma ação conjunta do Grupo de Apoio Operacional da Polícia Militar (PM), do 3º Distrito Policial, do 1º BPM e da Companhia Independente de Policiamento do Promorar. Ele estava escondido em uma residência neste bairro, sendo cuidado pela namorada, identificada como Bruna Lorrana Cruz Martins, 21 anos. Foi através dela que os policiais chegaram até ele.


Dênis Henrique Gomes da Silva foi preso no bairro Promorar - Foto: Chico Filho/O Dia

“Nós diligenciamos em uma residência no bairro Porto Alegre que era apontada como sendo o paradeiro da namorada dele. Ela estava cuidando dos ferimentos deles e nos levou até o suspeito no Promorar. Nós acampamos no local e esperamos o momento exato para poder fazer a abordagem e efetuar sua prisão”, explicou o major Audivan Nunes, comandante da Força Tarefa da PM.

Bruna Lorrana foi conduzida para a sede da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) ainda na tarde de ontem. Ela foi vista em uma foto ao lado do suspeito na noite do crime. Os dois estavam em uma Unidade de Pronto Atendimento em Timon, onde Dênis primeiro teria sido socorrido. Ele deu entrada no hospital com uma fratura exposta e ferimento de arma de fogo. O suspeito ainda foi transferido para o HUT e estava sob os cuidados da namorada no Promorar desde então.


Entenda

Dênis Henrique Gomes da Silva teria tentado roubar uma motocicleta do estacionamento de um supermercado na noite do dia 16, mas foi detido pelos populares e, entres eles, estava o mototaxista Ariosvaldo Vieira de Sousa, que tentou ajudar a vítima. Dênis acabou atirando e um dos disparos atingiu Ariosvaldo na cabeça.

O mototaxista ainda chegou a ser socorrido e encaminhado para o HUT, mas não resistiu ao ferimento e veio óbito pouco depois.

Compartilhar no
Por: Maria Clara Estrêla, com informações de Chico Filho

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário