• Clínica Shirley Holanda
  • Semana do servidor
  • Netlux
  • SOS Unimed
  • Novo app Jornal O Dia

Polícia prende traficante que ostentava com dinheiro do tráfico

Depre cumpriu mandado de prisão. Vyrna foi presa em 2014 e 2018 em duas operações da polícia por tráfico de drogas.

02/10/2019 16:20h - Atualizado em 03/10/2019 18:55h


Vyrna foi presa próximo a sua casa, na Vila Mocambinho, zona norte de Teresina. (Foto: Polícia Civil)

Os policiais da DEPRE (Delegacia Especializada em Prevenção e Repressão à Entorpecentes) prenderam por volta de 12h15 desta quarta-feira (02) Vyrna Melo Brayner, 29 anos, condenada pela justiça portráfico de drogas e associação para o tráfico. A traficante foi presa próximo da casa onde mora, na Vila Mocambinho, zona norte de Teresina.

Segundo o delegado da DEPRE, Cadena Júnior, Vyrna havia sido presa no ano de 2014 pelo crime de tráfico  na Operação Boreas, mas conseguiu o benefício de responder ao processo em liberdade.


Agora, com a condenação a 8 anos de cadeia em regime fechado, expedida pelo juiz Almir Adib Tajra, da 7ª Vara Criminal de Teresina, os policiais puderam dar cumprimento a prisão. De acordo com o delegado, Vyrna costuma ‘ostentar’ roupas e bebidas caras com o dinheiro que consegue do tráfico. No momento da prisão, a acusada usava uma camisa da "Lacoste", grife francesa.

“Ela relata aqui informalmente pra todos os policiais, pra quem quiser ouvir aqui na delegacia, que ela usa o dinheiro do tráfico é pra ostentar, comprar roupas boas comprar carro bom, beber bem”, afirma o delegado Cadena.

Vyrna também foi presa nos anos de 2016, 2017 e 2018, na Operação Avalanche,  pelos policiais da DEPRE e segundo o delegado, sempre posa para as fotos sorrindo, como um a expressão de deboche.

“Toda foto dela se você pesquisar ela sempre aparece sorrindo nas prisões, de deboche mesmo à Justiça”, comenta o delegado.

A traficante foi levada direto para a Penitenciária Feminina de Teresina, para dar cumprimento à sentença proferida pela Justiça.

Fonte: Com informações de Francisco Bezerra/O Dia TV
Por: Rodrigo Antunes

Deixe seu comentário