• Clínica Shirley Holanda
  • Semana do servidor
  • Netlux
  • SOS Unimed
  • Novo app Jornal O Dia

Polícia prende suspeito de envolvimento em chacina e apreende R$ 33 mil

Durante a operação em busca de armas a Polícia encontrou R$ 33 mil que teriam sido roubados do Banco do Brasil e do Bradesco.

05/03/2018 18:12h

Uma operação da Polícia Civil, deflagrada pela Delegacia de Pio IX em conjunto com a Delegacia de Jaicós, terminou com três pessoas presas e a apreensão de R$ 33 mil que teriam sido roubados do Banco do Brasil e do Banco Bradesco na tarde do último sábado (3).

Durante o cumprimento de mandados de prisão para apreender armas que teriam sido usadas na chacina, a Polícia encontrou o dinheiro com lacres das instituições financeiras levantando a suspeita de que a quantia teria sido roubada. A quantia estava escondida em uma estante em um galpão nos fundos de uma casa localizada na BR-020, zona Rural de Monsenhor Hipólito.

Polícia prende suspeito de envolvimento em chacina e apreende R$ 33 mil. (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

Na residência, a Polícia prendeu uma mulher identificada como Kate Nayara por porte ilegal de armas. O marido da suspeita fugiu ao avistar a viatura da Polícia na porta da residência. “Nós estávamos procurando armas e o dinheiro foi encontrado fortuitamente. Como o dinheiro estava mofado com o lacre dos bancos e a mulher não conseguia explicar, nós não podíamos afirmar que era oriundo de assalto, por isso a prendemos por porte de ilegal de arma”, explica o delegado de Jaicós, Miguel Carneiro.

Em outra residência localizada no município de Vila Nova, na região de Picos, a Polícia prendeu João Joaquim de Carvalho, suspeito de envolvimento em uma chacina ocorrida em agosto de 2017, na cidade de Alagoinha, 397 km a sudeste de Teresina. As vítimas da chacina eram Antônio Sebastião de Sá, conhecido como Antônio Virgílio, a sua mãe, que já era idosa, e uma mulher que trabalhava como sua cuidadora. Antônio Vírgilio esteve envolvido no assassinato do ex-vereador Emídio Reis da Rocha, em 2013.

Polícia prende suspeito de envolvimento em chacina e apreende R$ 33 mil. (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

“O João Joaquim estava viajando e quando retornou nós o prendemos na residência dele. Além da prisão, nós tínhamos mandados de busca e apreensão das armas que foram usadas no crime, porque tínhamos informação de que elas estavam em Monsenhor Hipólito”, esclarece o delegado Aureliano Barcelos, titular da Delegacia de Pio IX.

Durante a operação foram apreendidas três armas de calibre 12, 28 e 22. Além de Kate Nayara e João Joaquim de Carvalho, outro homem não identificado foi preso pela Polícia por porte ilegal de armas. 

O dinheiro apreendido durante a operação foi apreendido. Os bancos foram notificados e deverão comunicar à Polícia se o dinheiro é procedente ou não de ações criminosas. A partir de agora, as investigações serão conduzidas pelo Grupo de Repressão ao Crime Organização (Greco).

Por: Nathalia Amaral

Deixe seu comentário