Polícia prende segundo acusado por latrocínio de taxista em Parnaíba

O jovem Guilherme Henrique do Nascimento, 18 anos, foi preso na cidade de Parnaíba, acusado de envolvimento na morte de taxista no início de abril.

06/06/2017 11:57h - Atualizado em 06/06/2017 12:18h

Compartilhar no

Por volta das 12h da última segunda (5) foi preso, na cidade de Parnaíba, Guilherme Henrique do Nascimento Cavalcante, o jovem de 18 anos acusado de estar envolvido, junto com um menor, no latrocínio do taxista Francisco Benevaldo de Sousa e Silva, morto a facadas em abril desde ano.

Segundo o delegado Eduardo Aquino, Guilherme teria passado um tempo em Fortaleza e retornado recentemente a Parnaíba. “Chegou até nós a informação de que ele estaria escondido aqui na cidade, fomos até o local, investigamos e com o mandado em mãos, efetuamos a prisão. Não houve nenhuma resistência por parte dele”, comenta.

Imagem de câmera de segurança mostra momento em que Gabriel deixa o taxi, após o crime (Foto: Reprodução)
A mãe do acusado o acompanhou até a delegacia de Homicídios/Tráfico de Drogas/Latrocínio de Parnaíba, onde o jovem prestou esclarecimentos à polícia. Em seu depoimento Guilherme nega participação no crime, e diz apenas que entrou no taxi.

Preso em abril deste ano, o menor que teria cometido o crime junto com Guilherme, contou detalhes do que teria acontecido dentro do taxi, inclusive em como os dois esfaquearam o taxista. Contradizendo a versão de Guilherme.

O menor segue preso e a disposição da Justiça. Guilherme permanece preso na cidade de Parnaíba aguardando julgamento.

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no
Edição: Nayara Felizardo
Por: Geici Melo

Deixe seu comentário