Polícia prende quadrilha especializada em roubo de carros no Parque Piauí, em Teresina

Segundo a Polícia Militar, os homens roubaram, nas primeiras horas da manhã de hoje, no bairro Renascença, um veículo modelo Onix de uma mulher – mãe de um dos colaboradores da corporação

06/09/2021 17:58h

Compartilhar no

Três pessoas foram presas na tarde desta segunda-feira (06) suspeitas de integrar uma quadrilha especializada em roubos de carros no bairro Parque Piauí, na Zona Sul de Teresina.

Foto: Jailson Soares/ODIA 

Segundo a Polícia Militar, os homens roubaram, nas primeiras horas da manhã de hoje, no bairro Renascença, um veículo modelo Onix de uma mulher – mãe de um dos colaboradores da corporação.

“Ela prontamente entregou o veículo e começou a andar pela cidade para tentar localizá-lo. Essa mulher informou a corporação que outro carro teria dado suporte a ação criminosa. Na sequência, esse carro e condutor do suporte foram localizados em uma residência no bairro. Com o trabalho da nossa equipe, conseguimos encontrar também o Onix e orientamos que os agentes não mexessem no carro porque nós sabíamos que os suspeitos voltariam para buscar. Geralmente, eles deixam os carros em locais distintos para saber se veículo tem rastreador”, disse Joatan Gonçalves, coordenador do Grupo de Apoio Operacional (GAO).

Os suspeitos foram abordados e presos após tentarem buscar o veículo. Segundo a polícia, um deles tem passagens e as fichas dos demais ainda serão levantadas.

“Eles tentaram fugir a acabaram furando dois pneus. A vítima já foi acionada para fazer a identificação desses suspeitos. Possivelmente, esse carro seria usado para realizar outros assaltos na cidade. Os suspeitos não mudaram a placa do veículo e andam da mesma forma com que ele foi subtraído”, completa.

Os suspeitos foram levados à Central de Flagrantes para os procedimentos cabíveis. Eles vão responder pelo crime de roubo. 

Compartilhar no
Fonte: Com informações de Chico Filho e Jailson Soares/ODIA

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário