Polícia prende foragido por latrocínio de taxista por suspeita de tráfico

Jovem fugiu da penitenciária Irmão Guido, onde cumpria pena pelo latrocínio do taxista Carlos Alberto de Souza, em 2014.

07/07/2017 09:54h

Compartilhar no

Durante a noite de ontem (6), policiais da RONE prendeu um jovem foragido da justiça, preso em 2014 pela morte do taxista Carlos Alberto de Souza, em 2014. Ele foi flagrado portando maconha e uma balança de precisão.

A prisão foi feita no Morro da Esperança, região da Santa Maria da Codipi. Após receber denúncias de moradores da região, que denunciavam uma movimentação suspeita, que poderia se tratar de tráfico de drogas, os policiais da RONE foram até o local e avistaram dois rapazes. Quando estes viram os policiais, largaram uma sacola preta e empreenderam fuga a pé.


Relembre:

Taxista é encontrado morto; segundo assassinato em duas semanas 

Vídeo mostra momento em que taxista tenta fugir e é atingido 

Polícia conclui inquérito sobre morte de taxista; familiares cobram justiça 


Os dois foram alcançados e presos. Na sacola, os policiais encontraram cerca de 177 gramas de maconha e uma balança de precisão. Ambos foram conduzidos para a Central de Flagrante: José Ítalo Pereira e Erikles Gomes da Silva.

Este último é foragido da penitenciária Irmão Guido, aonde cumpria pena pelo latrocínio do taxista Carlos Alberto de Souza. O crime aconteceu em agosto de 2014, no centro de Teresina. O acusado e um comparsa menor de idade.

Compartilhar no
Edição: Nayara Felizardo
Por: Andrê Nascimento

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário