PF prende gestores e empresários acusados de desviar R$ 5 milhões

Policiais cumprem mandados de prisão preventiva, temporária e condução coercitiva em Dom Inocêncio, São Raimundo Nonato e Teresina

21/06/2017 07:36h - Atualizado em 21/06/2017 09:22h

Compartilhar no

O Ministério da Transparência e Controladoria-Geral da União (CGU) e a Polícia Federal deflagram, nesta quarta-feira (21), no Piauí, a Operação Pastor. O objetivo é desarticular organização criminosa responsável por desvios de recursos públicos federais no município de Dom Inocêncio, São Raimundo Nonato e Teresina envolvendo verbas das áreas da Educação, Integração Nacional e Saúde. Os trabalhos estão sendo realizados conjuntamente com a Controladoria Geral da União (CGU).

O prejuízo apurado até o momento ultrapassa o montante de R$ 5 milhões, desviados do Ministério da Educação, da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) e da Fundação Nacional de Saúde (Funasa). A apuração demonstrou que a empresa integrante da organização criminosa recebeu valores por serviços que não foram executados. 

A CGU contribuiu para a investigação ao constatar a não realização, por parte do município, de obras conveniadas com a Codevasf e a Funasa. A investigação, iniciada pela Polícia Federal, além de constatar irregularidades em Dom Inocêncio, durante os exercícios de 2009 a 2012, apurou ainda que a organização criminosa continua a articular práticas ilícitas, além de expandir a atuação fraudulenta para outros municípios piauienses.

O grupo criminoso formado por gestores municipais e empresários é investigado pela prática de desvio, peculato, fraudes em licitações, corrupção passiva e ativa.

A Operação Pastor cumpre dois mandados de prisão preventiva, seis de prisão temporária, cinco de condução coercitiva e 14 de busca e apreensão, nos municípios de Dom Inocêncio, São Raimundo Nonato e Teresina. Participam da ação mais de 60 agentes, entre policiais federais e auditores e técnicos da CGU. Os mandados foram expedidos pelo juiz titular da comarca de São Raimundo Nonato.

Mais informações serão dadas em entrevista coletiva marcada para as 10:30 horas na sede da Polícia Federal em Teresina.


Compartilhar no
Edição: Nayara Felizardo
Por: Andrê Nascimento

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário