• Campanha Mobieduca
  • Teresina shopping
  • HEMOPI - Junho vermelho
  • ITNET
  • Novo app Jornal O Dia
  • TV O DIA att

PF cumpre mandados contra pornografia infantil THE; um foi preso

A Operação XMat acontece no Piauí e em mais sete estados brasileiros simultaneamente. Ao todo, 23 pessoas são investigadas.

23/05/2019 09:01h - Atualizado em 23/05/2019 09:57h

Segundo a Polícia Federal, uma pessoa foi presa em flagrante em Teresina por portar materiais de pornografia infantil. A PF não divulgou a identidade do suspeito, porque a ação ainda está em andamento e disse também que, devido à política de comunicação social do órgão, não concederá entrevista coletiva nem mais detalhes a respeito da operação.

Iniciada às 09h01min

A Polícia Federal deflagrou nas primeiras horas da manhã desta quinta-feira (23) uma operação para reprimir crimes de produção, armazenamento e distribuição de material pornográfico envolvendo crianças e adolescentes. A ação foi denominada de XMat e visa o cumprimento de três mandados de busca e apreensão em imóveis localizados em Teresina. As ordens judiciais foram expedidas pela Justiça Federal da Capital piauiense.


Foto: Maria Clara Estrêla/O Dia

As investigações que culminaram na operação se iniciaram já este ano, a partir de relatórios de análises produzidos pela Polícia Federal do Piauí. As buscas que acontecem hoje já confirmaram a prática de armazenamento de arquivos proibidos e a PF já realizou prisões em flagrantes dos envolvidos. Ainda não foi divulgado o número de presos nem suas identidades.

Os suspeitos irão responder, na medida de suas responsabilidades, pelos crimes de pornografia infantil previstos no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).

O nome da operação, XMat, faz referência ao codinome utilizado por um dos investigações da rede mundial de computadores.

Operação acontece em oito estados simultaneamente

Além do Piauí, a Operação XMat foi deflagrada também em mais sete estados. São eles os estados de São Paulo, do Rio de Janeiro, de Minas Gerais, do Rio Grande do Sil, de Santa Catarina, da Paraíba, de Sergipe e do Maranhão. No total, estão sendo cumpridos 28 mandados de busca e apreensão, sendo que a maioria (12) são no Rio.

Ao todo, 23 pessoas são investigadas e por crimes de produção, armazenamento e distribuição de material pornográfico de crianças de adolescentes. A ação mobiliza 120 policiais federais.

O nome da operação, XMat, faz referência ao codinome utilizado por um dos investigadores da rede mundial de computadores.


Aguarde mais informações.

Por: Maria Clara Estrêla, com informações da Polícia Federal

Deixe seu comentário