• Clínica Shirley Holanda
  • Semana do servidor
  • Netlux
  • SOS Unimed
  • Novo app Jornal O Dia

Viaturas da PM tem pneus furados durante perseguição a quadrilha

Tiroteio entre policiais e quadrilha suspeita de explodir bancos em Campo Maior ocorreu por volta das 19h desta terça-feira (30).

01/05/2019 08:53h - Atualizado em 01/05/2019 10:48h

Atualizada às 10h30

Segundo o coronel Márcio, coordenador geral de Operações da PM, cinco viaturas tiveram os pneus furados durante a perseguição ao bando suspeito de explodir e roubar agências do Banco do Brasil e da Caixa Econômica da cidade de Campo Maior. Após avistarem os suspeitos e iniciarem a perseguição, equipes do BOPE e da PM tiveram os pneus furados por pregos miguelitos lançados na pista pelos criminosos.

"Tivemos a informação de que os marginais, em dois carros, estariam saindo de Batalha em direção de Piracuruca. Nós montamos uma barreira na estrada cerca de 200 metros antes de chegar na cidade de Piracuruca. No momento em que os dois carros se aproximaram, eles dispararam contra os policiais que estavam abrigados, os policiais revidaram e atiraram contra os veículos. Eles adentraram a cidade atirando para o alto e um dos veículos perdeu o controle numa rotatória e bateu", relata o coronel.

Após a colisão, dois dos indivíduos que estavam dentro da caminhonete Frontier adentraram o outro carro utilizado na fuga, um Toyota RAV4, e outros dois comparsas tomaram de assalto a moto de um dos moradores e se evadiram do local. 

Matéria original

A Polícia Militar do Piauí confirmou na manhã desta quarta-feira (1º) que houve troca tiros entre policiais e os suspeitos de explodir as agências do Banco do Brasil e da Caixa Econômica da cidade de Campo Maior, crime ocorrido na madrugada desta terça-feira (30). Segundo a PM, o tiroteio ocorreu por volta das 22h na cidade de Piracuruca, localizada a 208 km de Teresina.

Polícia fecha cerco e troca tiros contra assaltantes em Piracuruca. (Foto: Divulgação/PM)

A abordagem resultou na apreensão de diversos armamentos de grande potencial ofensivo. Entre as armas e munições apreendidas estão: 02 pistolas Glock G17 calibre 9mm com seletor de rajadas, 02 carregadores Glock capacidade de 17 tiros, 02 carregadores Glock capacidade de 32 tiros, uma pistola de fabricação Turca calibre 9 mm com 02 carregadores capacidade de 15 tiros, 01 carregador de fuzil AK-47 capacidade 20 tiros, 05 explosivos tipo metalon. 

Além das armas, a Polícia também conseguiu apreender uma caminhonete do modelo Frontier que teria sido usada pelos criminosos durante o assalto, 02 coletes táticos com placas balísticas e 02 Coletes balísticos de seguranças da Caixa Econômica de Campo Maior.

Polícia fecha cerco e troca tiros contra assaltantes em Piracuruca. (Foto: Divulgação/PM)

Segundo a PM, não há confirmação se algum dos assaltantes foi atingido durante a troca de tiros. Até o momento ninguém foi preso. A PM informou ainda que não efetuou disparos dentro da cidade de Piracuruca. Contudo, informações de moradores do município dão conta de que houve intensa troca de tiros no Centro da cidade.

Equipes da Polícia Federal, Polícia Militar e Polícia Civil fecharam o cerco em torno da região e continuam em diligências em busca dos assaltantes.

Por: Nathalia Amaral

Deixe seu comentário