Polícia decreta prisão preventiva de cinco acusados de participar de chacina

Os nomes dos presos foram divulgados pela polícia.

20/08/2015 08:56h - Atualizado em 20/08/2015 09:36h

Compartilhar no

As cinco pessoas detidas ontem (19) , suspeitas de ter relação com a chacina que vitimou seis pessoas da mesma família em Alegrete do Piauí, tiveram a prisão preventiva decretada. De acordo com o Coronel Wagner Torres, comandante do 4º BPM em Picos, as pessoas são familiares do professor George Francisco Carvalho, assassinado em junho. 

As cinco pessoas foram identificadas como Manoel José de Carvalho  (tio), Luis Ramos de CAravalho (primo) , Pedro José de Carvalho (tio), Francisco José de Carvalho ( pai de George), e um amigo da família, José Joaquim de Carvalho, mais conhecido como 'Zé da Cota'. Todos encontram-se na Delegacia Regional de Fronteiras.

De acordo com a Companhia de Policiamento do município de Fronteiras, durante as diligências, a polícia conseguiu apreender um cartucho de balas próxima à casa de um dos cinco detidos, assim como uma bota suja de sangue. Material genético foi colhido no local do crime para auxiliar nas investigações. 

Confira a nota divulgada pela Secretaria de Segurança do Piauí:

Atendendo solicitação do delegado de Fronteiras, titular na investigação do homicídio de seis pessoas em Alegrete do Piauí, o juiz João Manoel de Moura Alves, decretou prisão preventiva de cinco acusados.

Francisco José de Carvalho, Manoel José de Carvalho, Luiz Ramos de Carvalho, Pedro José de Carvalho e José Joaquim de Carvalho foram presos poucas horas depois do crime realizado na última terça-feira (18) na localidade Boa Vista, zona rural de Alegrete do Piauí. O delegado confirma no pedido de prisão preventiva que há fortes indícios na participação dos acusados. 


Leia Mais: Seis pessoas são mortas em chacina em Alegrete do Piauí 

Vítima de chacina já havia sido presa por porte ilegal de armas 


Uma das vítimas de chacina era acusada de matar duas pessoas 

Sul do Piauí é a região com maior ocorrência de crime de pistolagem 


O crime

Seis pessoas  foram mortas na noite de ontem (18), dentro de uma residência no povoado Boa Vista, região do município de Alegrete do Piauí. De acordo com informações preliminares da polícia, a chacina se deu por vingança, devido a um homicídio que teria sido comandando por uma das mulheres morta.

As vítimas foram identificadas como, Maria do Socorro de Carvalho, de 23 anos, conhecida por Galega; os avós, Cícero Domingos de Carvalho e Francisca Luísa de Carvalho, ambos de 63 anos; e mais dois filhos do casal de idosos, identificados por Sílvia Francisca de Carvalho, de 43 anos, Cildo Cícero Francisco de Carvalho, de 30. A sexta vítima era um primo que visitava a família, identificado como Bartolomeu Gomes de Carvalho, de 31 anos.

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no
Edição: Maria Clara Estrêla

Deixe seu comentário