Operação Contraordem III termina com oito pessoas presas no Piauí e Mato Grosso do Sul

Mais sete pessoas que já cumpriam pena nos presídios do Estado também foram alvo de novos mandados de prisão e responderão agora por associação criminosa.

10/08/2021 08:29h - Atualizado em 10/08/2021 13:25h

Compartilhar no

Atualizada às 12h

A Operação Contraordem III terminou com oito pessoas presas no Piauí e na cidade de Cuiabá, capital do Mato Grosso do Sul. Além destas, mais sete pessoas que já estavam privadas de liberdade também foram autuadas por novos crimes e deverão ter um acréscimo em sua pena. A ação mirou em uma organização criminosa que agia praticando crimes de roubo e homicídio em vários estados brasileiros.


Quem dá mais detalhes é o delegado Yan Brainer, que conduziu o inquérito. "Os inquéritos possuem um vasto lastro comprobatório que comprova a relação dessas pessoas com a organização. A legislação penal brasileira diz que o fato de você integrar uma organização criminosa por si só já é conduta típica do código penal. Mas além disso, essas organizações são ligadas ao tráfico, homicídios e a crimes contra o patrimônio", diz.


O delegado Yan Brainer presidiu o inquérito - Foto: Assis Fernandes/O Dia

Nos mandados cumpridos hoje em Teresina, Floriano e Castelo a polícia apreendeu uma vasta quantidade de armas e drogas. Os entorpecentes ainda estão sendo contabilizados e periciados pela polícia técnica. A maior parte dos presos foi encontrada em suas próprias residências que já vinham sendo monitoradas pela Inteligência da Polícia Civil. Eles foram encaminhados para o sistema prisional e encontram-se agora à disposição da justiça para os encaminhamentos legais.

Iniciada às 08h29min

A Polícia Civil, por meio do Grupo de Repressão ao Crime Organizado (Greco), deflagrou uma operação na manhã desta terça-feira (10) para cumprir 24 mandados de prisão contra uma organização criminosa que atua em diversos estados brasileiros. As ordens judiciais estão sendo executadas nas cidades de Teresina, Floriano, Castelo e também na cidade de Campo Grande, no Mato Grosso do Sul.


Foto: Divulgação/Polícia Civil

De acordo com o coordenador do Greco, delegado Tales Gomes, a ação visa coibir crimes de roubo e homicídio ocorridos aqui no Piauí com a participação de pessoas de outros estados. 

A Operação Contraordem III foi desenvolvida com apoio da Coordenadoria de Operações e Recursos Especiais, Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa, Polinter, Gerência de Polícia Especializada, Sejus, e da Delegacia Regional de Floriano e Castelo. A Polícia Civil de Mato Grosso do Sul e equipes do Ministério Público do Piauí também atuaram na ação.

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no
Por: Com informações de Chico Filho e Edna Maciel, da O DIA TV

Deixe seu comentário