• Premium Outlet
  • Salve Maria
  • Jovens escritores 2019
  • Banner paraíba
  • AZ no rádio
  • cachoeir piaui
  • Novo app Jornal O Dia
  • TV O DIA att
  • TV O Dia - fullbanner

PM faz ação na Praça da Bandeira contra comércio de celulares roubados

Segundo militar que comandou a ação, dezenas de suspeitos fugiram no momento em que os policiais chegaram à praça.

17/05/2019 19:26h - Atualizado em 17/05/2019 20:04h

A Polícia Militar efetuou, na tarde desta sexta-feira (17), as prisões de dois homens suspeitos de comercializar celulares roubados na Praça da Bandeira, Centro de Teresina.

A ação foi realizada por policiais do 1º Batalhão da PM-PI, comandados pelo capitão Juracy Félix. Cerca de 20 aparelhos com origem suspeita foram apreendidos.

"Eles não conseguem comprovar nenhuma procedência legal, notas fiscais. Dizem, a princípio, que são para consertar, mas sempre que a Polícia Militar entra na Praça da Bandeira eles se debandam como um bando de aves. Quem corre certamente tem algo a temer", afirmou o capitão Juracy Félix.

Ainda de acordo com o militar, havia várias pessoas vendendo aparelhos com origem aparentemente ilícita, mas todas correram no momento da ação, e os PMs conseguiram interceptar apenas dois suspeitos.

"Diariamente, o 1º Batalhão é solicitado por vítimas que têm seus celulares roubados na região. Agora há pouco mesmo um cidadão teve seu iPhone roubado, e o localizador [por GPS] estava indicando que o aparelho estava na área do Shopping da Cidade e da Praça da Bandeira. E a gente sabe que lá, realmente, há o comércio de produtos de natureza ilegal. Aproveitamos pra fazer essa batida, dezenas fugiram mas conseguimos capturar esses dois", afirmou o capitão, acrescentando que as pessoas que tiveram celulares roubados podem procurar a Central de Flagrantes para verificar se algum dos aparelhos recuperados é seu. Para reaver o produto, é necessário apresentar a nota fiscal.

Por: Cícero Portela e Francisco Filho

Deixe seu comentário