Estudantes da Uespi morrem carbonizadas em acidente na BR-343

Colisão aconteceu entre os municípios de Amarante e Regeneração

13/06/2013 16:00h - Atualizado em 14/06/2013 10:37h

Compartilhar no

O coordenador do campus da Uespi em Amarante, Jaerson Alan Cunha da Costa, confirma que duas estudantes morreram no acidente envolvendo um micro-ônibus e um veículo modelo Celta.

As vítimas foram identificadas como Carla Juliete de Moura Costa e Francisca Caroline Pereira Barbosa. Elas cursavam Pedagogia Uespi e seguiam no veículo com outros 10 colegas, todos do mesmo curso.

O coordenador da universidade informa ainda que três vítimas foram transferidas em estado grave para o Hospital de Urgências de Teresina. Os demais feridos foram atendidos em hospitais da região e já foram liberados.

O micro-ônibus envolvido no acidente não pertencia à Uespi. Entretanto, fazia linha regular transportando universitários de Regeneração, São Gonçalo e Angical para o campus de Amarante.

Vítimas morreram carbonizadas

O portal “Somos Notícia”, que cobre a região de Amarante, informa que, ao todo, quatro pessoas morreram na colisão entre o micro-ônibus e um veículo modelo Celta de cor vermelha.  

As vítimas seriam os ocupantes do Celta e mulheres estudantes da Universidade Estadual do Piauí. Elas morreram carbonizadas.

Oficialmente, o Quartel do Corpo de Bombeiros em Floriano confirma três mortes.  

Segundo o “Somos Notícia”, o micro-ônibus virou e pegou fogo logo após a colisão na BR-343. Os veículos bateram de frente. As causas do acidente ainda são desconhecidas.

O pânico tomou conta dos populares que testemunharam o acidente. Eles nada podiam fazer enquanto os corpos entravam em combustão. Entretanto, auxiliaram no resgate dos sobreviventes. 

Os dois veículos ficaram completamente destruídos.

O Corpo de Bombeiros de Floriano, o Samu e a Polícia Rodoviária Federal atuam no resgate das vítimas e atendimento aos feridos. 




Compartilhar no
Por: Rômulo Maia; Fotos: Somos Notícia

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário