• COMBATE AO MOSQUITO AEDES AEGYPTI 2019 - 2020
  • SOS Unimed
  • Novo app Jornal O Dia

Pedreiro é preso suspeito de invadir casas e estuprar mulheres

Segundo a polícia, ele trabalhava nas casas, fazia cópia das chaves e retornava na madrugada para a prática dos crimes

14/01/2020 15:00h - Atualizado em 15/01/2020 09:27h

Um homem identificado como Francisrramos de Jesus Freire foi preso na madrugada desta terça-feira (14) suspeito de estupro, tentativa de estupro e furtos contra mulheres de pelo menos três bairros na cidade de Campo Maior, norte do Piauí.

Segundo a investigação da 5ª Delegacia Regional de Campo Maior, o suspeito atuou comopedreiro nas residências e fez cópias das chaves das casas nas quais sabia que as mulheres moravam sozinhas. O homem retornava, colocava medicamento para dopar as vítimas e na madrugada voltava para praticar os crimes. Além dos estupros, o suspeito ainda realizava furtos.

“As Polícias Civil e Militar, numa ação integrada, prenderam F.J.F., estuprador suspeito de aterrorizar os Bairros Parque Estrela, Cidade Nova e Fátima nos últimos meses. Valendo-se da cópia das chaves, ele adentrava no imóvel das vítimas, praticava pequenos furtos e colocava sonífero nas jarras d’água, como forma de facilitar suas ações iniciais e posteriormente tentar ou cometer os estupros”, informou o delegado Aldely Fontinele.

Francisrramos de Jesus foi preso em flagrante depois que tentava entrar em uma das residências nesta madrugada. Na casa do suspeito, foram encontrados faca, alicate, medicamento (Clonazepam), anéis, uma pulseira e várias peças de roupas que a polícia acredita que eram utilizadas para dificultar sua identificação.

Foto: Divulgação

Uma das vítimas disse em depoimento que acordou durante a noite com o homem tocando em suas partes íntimas. Já outras revelaram que desconfiaram que alguém estaria entrando nas residências após perceberem sumiço de dinheiro e objetos. Os investigadores acreditam que o número de vítimas seja maior do que as que já foram ouvidas.

Condenado por estupro

Francisrramos de Jesus Freire é condenado por um estupro de uma criança nas margens de um rio em Campo Maior. O crime aconteceu em 2005. A mãe da criança lavava roupa na margem do rio quando o estuprador violentou a menor de idade. 

Por: Otávio Neto

Deixe seu comentário