Pai é preso por estuprar filhas adolescentes em Elesbão Veloso

Os abusos sexuais foram cometidos contra as adolescentes que têm 11 e 16 anos

09/07/2021 11:55h

Compartilhar no

Um homem, que não teve o nome revelado, foi preso na manhã desta sexta-feira (09) acusado de estuprar as duas filhas adolescentes, de 11 e 16 anos. Os crimes aconteceram em Elesbão Veloso, a 168 km de Teresina, porém, a prisão ocorreu no bairro Promorar, zona Sul da Capital.

O delegado Odilo Sena, titular do 13º Distrito Policial, contou que os crimes em série ocorreram na cidade de Elesbão Veloso, onde teve início às investigações, após denúncias. O acusado fugiu do município e veio para Teresina. Depois de três semanas de investigação, o homem foi localizado. Ele estava escondido na casa de parentes, local onde ocorreu a prisão.

(Foto: Divulgação/PCPI)

O caso só chegou à polícia porque a adolescente de 16 anos fugiu de casa, após tentativa de estupro. A menor procurou uma tia, que buscou o Conselho Tutelar da cidade. As duas vítimas chegaram a depor e relataram os abusos, inclusive com detalhes. 

No momento da prisão, o homem negou os crimes. Contudo, o delegado pontuou que as investigações demonstram claramente que houve a consumação do ato. Os laudos apontam ainda que a criança de 11 anos já teria sofrido abusos anteriormente. 

“Houve sim o crime, de maneira consumada, ou seja, houve a cópula sexual em relação à criança de 11 anos, e houve uma tentativa de cópula em relação à de 16 anos, que também é caracterizado crime consumado. Ao invés de proteger suas filhas, ele era, na verdade, seu algoz”, relatou o delegado.

De acordo com Odilo Sena, aparentemente, a mãe das menores não tinha conhecimento dos abusos sexuais que as filhas sofriam por parte do pai. “A mãe era alheia à situação e só tomou conhecimento quando a filha mais velha fugiu de casa. A partir da denúncia da tia, que envolveu Conselho Tutelar, Ministério Público e a Polícia Civil, a mãe foi chamada e descobriu-se tudo”, contou.

O homem responderá pelo crime de estupro de vulnerável.

Compartilhar no

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário