Mulher é morta a pedradas pelo companheiro em Piripiri

A filha do casal, um bebê de 3 meses, ficou ferida durante o ataque do homem, mas passa bem.

01/12/2013 09:10h - Atualizado em 01/12/2013 09:33h

Compartilhar no

Um crime bárbaro ocorreu na madrugada de hoje (1º) no município de Piripiri. Uma mulher, identificada como Samara, foi vítima da crueldade do companheiro e pai de sua filha. O homem identificado como Francisco "Morcego" apedrejou Samara até a morte. O crime aconteceu em via pública, no bairro Floresta. A filha do casal, um bebê de 3 meses, sofreu uma queda durante o ataque e ficou ferida.

O acusado do crime, no momento em que estava sendo preso. Foto: Piripiri 40 Graus.

O acusado do crime, no momento em que estava sendo preso, ainda com marcas de sangue nas mãos e na roupa. Foto: Piripiri 40 Graus.

Socorristas do Samu fazem o atendimento da filha da vítima. Foto: Veja Piripiri.

Local onde a mulher foi assassinada. Foto: Veja Piripiri.

Segundo testemunhas do crime, Samara resistia a sair de casa com o suspeito, que estava em uma bicicleta. Em determinado momento do desentendimento, "Morcego" atirou uma pedra contra Samara e, em seguida, deu início à sequência de golpes, assassinando a mulher. A vítima foi atingida com pedradas na cabeça e no rosto. 

A Polícia Militar foi acionada e encontrou o suspeito escondido dentro da casa de uma moradora do bairro. Ele foi levado sem resistir à prisão. Revoltados, populares tentaram linchá-lo.  

Segundo informações da polícia, Francisco "Morcego" tem várias passagens pela polícia e é primo em primeiro grau de "Dudu", acusado de matar a ex-namorada há alguns meses. 

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no
Fonte: Com informações do Piripiri Repórter e Veja Piripiri
Edição: Portal O Dia

Deixe seu comentário