Mulher é baleada no Complexo do Alemão, mas disparo atinge celular

O aparelho, da marca Samsung, ficou destruído, mas salvou a vítima no Rio de Janeiro

24/06/2017 17:23h

Compartilhar no

Uma mulher foi baleada na manhã deste sábado (24) no Complexo do Alemão, na Zona Norte da cidade, mas foi salva graças a um telefone celular que estava no bolso. A bala atingiu o aparelho e evitou que a vítima se ferisse de forma mais grave. As informações foram antecipadas pelo Jornal Voz das Comunidades e confirmadas pelo G1 com um parente da mulher.

"Ela só sentiu o impacto. Inclusive, se assustou, mas [a bala] só atingiu o celular. Ficou vermelho do impacto, mas não foi nada de grave", contou o cunhado da vítima, o segurança Eder Queiroz.

Aparelho de vítima foi atingido por bala durante tiroteio no Alemão (Foto: Reprodução Voz Da Comunidade)

De acordo com Eder, a vítima, Elida (irmã da esposa dele) estava na loja de motos do pai quando começou o tiroteio, na Rua Antônio Austragésio, uma das principais vias do conjunto de favelas. Segundo o segurança, tudo ocorreu por volta das 10h. O aparelho, da marca Samsung, ficou destruído, mas salvou Elida.

Eder contou, ainda, que a troca de tiros começou "do nada" e que, por isso, "não deu tempo do pessoal correr".

O comando da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) Fazendinha, comunicou que policiais faziam um patrulhamento na Rua Austregésilo quando criminosos armados atiraram contra a equipe, por volta das 10h. A PM confirma que houve confronto, mas os criminosos fugiram. Além de Elida, a UPP informou que, até às 15h50, não havia registro de presos ou feridos no incidente.

Compartilhar no
Fonte: Globo.com

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário