Mulher é assassinada a tiros e facadas no Residencial Dilma Rousseff em Teresina

O principal suspeito do crime é o companheiro da vítima, mas ele se encontra foragido. PM faz buscas.

10/03/2021 08:40h

Compartilhar no

Uma mulher identificada como Elinete Sousa Silva, 32 anos, foi assassinada a tiros e a golpes de faca na madrugada desta quarta-feira (10) na área de invasão do Residencial Dilma Rousseff, zona Norte de Teresina. O principal suspeito do crime é o companheiro dela, conhecido como Jackie Chan, que se encontra foragido.


Leia também: Metade dos assassinatos de mulheres no Piauí ocorreu dentro de casa


A Polícia Militar foi acionada por populares por volta das 3 horas da madrugada. Ao chegarem ao local, encontraram a casa sem ninguém, exceto pelo corpo de Elinete caído no chão com várias perfurações de tiro e de arma branca. O caso está sendo tratado, a princípio, como homicídio e a investigação da Polícia Civil é que vai dizer se pode ter se tratado de um crime de feminicídio ou não.


Foto: Jailson Soares/O Dia

“Não podemos confirmar se foi feminicídio, porque só o que sabemos é que a vítima morava com um cidadão, mas não há indícios suficientes para dizer se foi o companheiro ou não, nem a motivação do crime. Os populares afirmaram às nossas equipes que o homem que vivia com ela era usuário de droga e teria envolvimento com o tráfico, mas é uma informação que também ainda estamos checando”, explicou a major Elizete Lima, comandante do 13º BPM.

Guarnições da Polícia Militar seguem em diligências à procura de Jackie Chan, mas até o momento não se tem informações sobre o paradeiro dele e nenhuma prisão relacionada ao caso foi efetuada. Policiais da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) estiveram no local do crime para colher as primeiras informações e realizar a perícia. O caso seguirá sob responsabilidade da Polícia Civil, e, se for o caso, poderá ser repassado para o Núcleo de Feminicídio.

Compartilhar no

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário