Jovem é preso por ameaçar menor com vídeos de sexo

Durante o depoimento da vítima, o acusado ligou para a adolescente e tornou a fazer ameaças

08/08/2013 11:24h - Atualizado em 08/08/2013 14:35h

Compartilhar no

O jovem Antônio Reinaldo Neves do Nascimento Filho, de 22 anos, (foto ao lado) foi preso em flagrante na manhã desta quinta-feira (08), no bairro Todos os Santos, zona Sudeste de Teresina. Ele é acusado de ameaçar divulgar vídeos de sexo com a namorada, menor de idade.

A adolescente, que namora com Antônio Reinaldo há 8 meses, era forçada a realizar tudo que o acusado desejava, com medo de ter as imagens divulgadas na internet, além de ser ameaçada constante de morte.

Segundo a titular da Delegacia de Proteção a Criança e Adolescente (DPCA), Marcela Sampaio Lira, durante depoimento de mãe e filha, o acusado ligou para a adolescente tornando a fazer ameaças. “Eu orientei ela a atender a ligação e colocar no viva-voz. Ele pediu para ela ir para casa e que ela estava devendo 10 socos para ele, e que divulgaria os vídeos”, explicou.

Diante da confirmação dos fatos, a polícia se deslocou até a residência do acusado para realizar a prisão. Na casa do rapaz, os policiais apreenderam celular, notebook e outros dispositivos de armazenamento, além de vários vídeos contento cenas de sexo explícito entre o casal de namorados.

Fotos: Assis Fernandes/ODIA

A delegada Marcela presenciou ameaças feitas pelo jovem por telefone

A delegada informou ainda que a jovem era humilhada e obrigada a fazer todos os caprichos do namorado. “Ele pedia para ela fazer tudo, como andar de joelhos no asfalto, a não sair com os amigos e a se comportar como ele queria”, relatou Marcela Sampaio.

Antônio Reinaldo será indiciado pelo crime de ameaça e enquadrado na Lei Maria da Penha, por agressões, físicas, psicológicas e moral.

A família já havia procurado o Conselho Tutelar, que denunciou o caso à delegada juntamente com a mãe e a adolescente.

Familiares e amigos também estavam sendo ameaçados

A mãe da adolescente disse ter percebido mudanças no comportamento da filha. “Ela não queria mais sair com os amigos e estava quieta”, contou, acrescentando que Antônio Reinaldo ameaçava amigos e familiares caso alguém contasse o caso a polícia.

“Ele dizia ‘cabeças vão rolar se eu for preso. Se isso acontecer, quando eu for solto, vou atrás de qualquer um e mato”, relatou a mulher que não quis ser identificada.

Compartilhar no

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário