Irmã de jovem morta por tenente ainda não sabe sobre o assassinato

A jovem foi internada no Hospital de Urgências de Teresina após ser atingida com um tiro de raspão na cabeça. Seu quadro de saúde é estável.

19/06/2017 18:52h - Atualizado em 19/06/2017 19:03h

Compartilhar no

Ailana Lima Barbosa, irmã de Iarla Lima Barbosa, jovem assassinada na madrugada de hoje (19) pelo namorado na Zona Leste de Teresina, está internada no Hospital de Urgências de Teresina e o seu quadro de saúde é estável. De acordo com o diretor do HUT, Gilberto Albuquerque, a jovem ainda não sabe sobre a morte da irmã e está sendo acompanhada por uma equipe de psicólogos do hospital.

O diretor do HUT informou que, apesar de ter sofrido traumatismo craniano por conta do disparo, a jovem não precisou passar por cirurgia e deve voltar para casa nos próximos dois dias. Ailana e uma amiga das irmãs, identificada como Joseane Mesquita, foram atingidas por disparos de arma de fogo deflagrados pelo tenente do 2º Batalhão de Engenharia de Construção e cunhado de Ailana, José Ricardo da Silva Neto, ao saírem de um bar localizado na Zona Leste.

José Ricardo da Silva Neto é acusado de matar namorada e disparar contra duas mulheres na Zona Leste. (Foto: Reprodução)

Ailana foi atingida de raspão na cabeça, e Joseane Mesquita foi atingida no tórax e no braço. Já Iarla Lima Barbosa, namorada do acusado, foi atingida e veio a óbito ainda dentro do carro do tenente. Segundo o diretor do HUT, Joseane já recebeu alta do hospital. As duas não correm risco de morte.

Entenda o caso

Uma mulher foi assassinada e mais duas ficaram feridas na madrugada desta segunda-feira (19). O acusado é um tenente do 2º Batalhão de Engenharia de Construção, José Ricardo da Silva Neto, que teria matado a namorada Iarla Lima Barbosa e atirado na irmã dela Ailana Lima Barbosa e na amiga Joseane Mesquita. O crime ocorreu após os quatro saírem de um bar na zona Leste de Teresina.

De acordo com o coronel Alessandro Silva, comandante do 2º BEC, as circunstâncias do crime ainda estão sendo apuradas, mas as informações iniciais são de que o tenente estava no bar Bendito por volta da 1h da madrugada, acompanhado das três mulheres. Alguns minutos depois, duas delas retornaram ao bar, feridas, afirmando que o tenente atirou nelas dentro do veículo.

A namorada morreu dentro do carro, umas das vítimas foi atingida no braço e no lado direito do tórax. A terceira vítima levou um tiro de raspão na cabeça. O acusado também feriu a si mesmo na coxa direita e está em um hospital particular.

Ele passará por cirurgia para retirada da bala e ficará internado por cerca de cinco dias. As duas mulheres que sobreviveram estão sendo atendidas no Hospital de Urgência de Teresina. Nenhum dos três corre risco de morte.

Após praticar o crime, o tenente José Ricardo foi para seu apartamento na zona Leste, onde a Polícia Militar encontrou o carro com o corpo da namorada dentro. “Nos solidarizamos com as vítimas e seus familiares. O 2º BEC está apurando o caso e tomará todas as medidas administrativas e disciplinares”, disse o coronel Alessandro, em nota.

O tenente Silva Neto está no 2º BEC desse agosto de 2014, oriundo do Centro de Preparação de Oficiais da Reserva de Recife. Em dezembro daquele ano, ele conseguiu autorização para adquirir uma pistola Taurus .380, mas não tinha o porte de arma. A solicitação feita em 2016 foi negada duas vezes, pois os argumentos para solicitar o porte foram considerados inconsistentes. 

Compartilhar no
Por: Nathalia Amaral

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário