IML pede ajuda para tentar identificar mulher esquartejada

Fotos foram divulgadas para ajudar na busca por pistas sobre quem seria a vitima.

04/02/2014 07:54h - Atualizado em 04/02/2014 10:35h

Compartilhar no

Foi divulgada, na noite de ontem (03), uma nota encaminhada pelo Instituto de Medicina Legal (IML) onde o perito médico-legal Antônio Nunes pede ajuda à população para identificar o corpo da mulher encontrada esquartejada no último dia 14. O perito solicita às famílias que possuem parentes desaparecidas que procurem o IML ou a Delegacia de Homicídios e divulga fotos que podem ajudar a perícia na busca por pistas. 

Embora o delegado Francisco Costa, o Baretta, tenha indicado já saber de quem se trata o corpo e até mesmo ter informado que já possui suspeitos relacionados ao crime, o IML comunica oficialmente que não possui ainda a identificação da vítima e pede ajuda para que a identidade seja revelada. 

Leis mais

Polícia já tem identidade de mulher esquartejada 

Polícia revela falsa identidade de mulher esquartejada 

Identificação equivocada de corpo esquartejado seria estratégia policial. 


Fotos: divulgação/IML.

Dentre as características do corpo encontrado, a principal talvez seja a tatuagem com o desenho de uma borboleta no punho esquerdo da vítima. 

Fotos da roupa utilizada pela vítima quando o corpo foi encontrado. No detalhe, etiqueta tamanho G da marca Highstil. 


"Solicitamos a quem tiver amigas, parentes ou outras pessoas conhecidas com essas características, que compareça ao IML de Teresina, PI, onde deve procurar o Coordenador ou algum dos Delegados da Delegacia de homicídios desta capital. Frisamos o quanto é importante a colaboração da população piauiense e de estados vizinhos para que se possa fazer a identificação cadavérica", diz o perito. 

Ele destaca a importância de possíveis familiares para que possam ser realizados exames que identificarão o corpo. Como o exame das digitais não foi realizado por conta do alto grau de deterioração do corpo, os próximos passos serão um exame de arcada dentária ou um exame de DNA. Contudo, para isso será necessário que uma possível família se apresente. 

Para tentar facilitar ainda mais a identificação do corpo, foram divulgadas ainda as principais características da vítima e a data em que ela possivelmente foi morta, entre os dias 11 e 13 de janeiro, poucos dias antes de seu corpo ser encontrado. 

Veja abaixo a nota na íntegra e mais fotografias divulgadas pelo IML:

NOTA DE UTILIDADE PÚBLICA

O Coordenador em Exercício do IML/GV do Piauí, torna público fotos de algumas características físicas e pertences de cadáver feminino encontrada esquartejada, no leito do rio Poti, no dia 14 de janeiro de 2014, dentro de uma bolsa.

Paralelamente, passamos à população características periciais.

A “de cujus” foi encontrada no rio poti sem cabeça, pescoço nem  tronco, havendo somente partes da pelve, membros inferiores e superiores.

Solicitamos a quem tiver amigas, parentes ou outras pessoas conhecidas com essas características, que compareça ao IML de Teresina, PI, onde deve procurar o Coordenador ou algum dos Delegados da Delegacia de homicídios desta capital.

Frisamos o quanto é importante a colaboração da população piauiense e de estados vizinhos para que se possa fazer a identificação cadavérica.

CARACTERÍSTICAS ENCONTRADAS NA PERÍCIA:

1.  BRANCA. TATUAGEM EM BORBOLETA NO PUNHO ESQUERDO.

2.  IDADE APROXIMADA ENTRE 25 A 30 ANOS.

3.  CABELOS LISOS, ORIGINALMENTE PRETOS ( PODENDO ESTAR PINTADOS)

4.  ALTURA APROXIMADA ENTRE 1,60 A 1,65 METROS.

5.  MÃOS BEM CUIDADAS, SEM CALOS.

6.  PERNAS BEM CUIDADAS E SEM VARIZES.

7.  JÁ TEVE UM PARTO NORMAL OU FOI SUBMETIDA A CURETAGEM UTERINA.

8.  BLUSA MARROM E PRETA DA MARCA “HIGHSTIL”, COM ETIQUETA INTERNA PREDOMINANTEMENTE VERMELHA, COM LETRAS BRANCAS E PARTE PRETA.

9.  O CORPO SE ENCONTRAVA EM UMA BOLSA TIPO “PUMA”, VERMELHO E PRETA.

10.HAVIA UMA TOALHA AZUL-CLARO ENVOLVENDO AS PARTES DO CORPO.

11.NO BOLSO LATERAL DA BOLSA “PUMA” HAVIA TRÊS CADEADOS AZUIS COM LETREIRO DOURADO DA MARCA “CASTOR” COM DEZ CHAVES PEQUENAS PRATEADOS O ACOMPANHANDO.

12.JÁ ESTAVA MORTA ENTRE 11 E 13 DE JANEIRO DE 2014.

 

Teresina, 03 de fevereiro de 2014.

Antonio Nunes Nunes Pereira

Perito médico-legal

Coordenador em exercício do IML/PI


Cadeados e detalhe da marca de um dos cadeados encontrados junto com o corpo. 

Mala onde partes do corpo foram encontradas.

Compartilhar no

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário