• Canta
  • SOS Unimed
  • Fagner
  • Trilha das emoções
  • Novo app Jornal O Dia

Homem vítima de transfobia é agredido na Parada da Diversidade

O jovem de 24 anos teve ferimentos na boca, nos olhos e nariz após ser arremessado no meio-fio.

04/09/2018 14:56h - Atualizado em 04/09/2018 15:22h

Um homem trans de 24 anos, que teve a identidade preservada, foi vítima de transfobia na Parada da Diversidade, evento ocorrido no último domingo (02) na Ponte Estaiada, zona Leste de Teresina. Segundo informações da Associação de Trans Masculino do Piauí (Atrams), o jovem foi agredido física e verbalmente e chegou a ser arremessado no meio-fio, sendo ferido gravemente no rosto.

O jovem estava na companhia da namorada quando a agressora, ainda não identificada, teria começado a proferir discurso de ódio contra a vítima. "Não bastando as palavras, ela empurrou o jovem que caiu de cara no meio fio", diz a associação. Em nota, a Atrams relatou que as agressões teriam sido motivadas pela transfobia, que é o preconceito e atitudes discriminatórias contra pessoas pessoas travestis, transexuais e transgêneros. 

Após o ocorrido, a suspeita ainda teria tentado continuar as agressões contra a vítima, mas foi impedida por pessoas que presenciaram o fato. Segundo a Atrams, as providências necessárias estão sendo tomadas para identificar a agressora e proteger a vítima.

"A providência inicial é a segurança do mesmo, claro que queremos identificação da agressora e o mais importante é a conscientização de que o preconceito existe, até mesmo em um evento feito para nos LGBT+ curtir, brincar. E não ser espancado por sua sexualidade e identidade de gênero", frisa a associação.

Parada da Diversidade

A Parada da Diversidade é um dos eventos que compõem a Semana do Orgulho de Ser. Organizado anualmente pelo Grupo Matizes, o evento tem como objetivo celebrar o amor e reivindicar mais direitos e espaços sociais para a comunidade LGBTQI. 



Por: Nathalia Amaral

Deixe seu comentário