Homem é preso transportando 2,8 mil litros de leite impróprios para consumo em Piripiri

Condutor informou à PRF que o produto saiu de Piracuruca e seria entregue a hospitais de Teresina.

11/10/2021 12:51h

Compartilhar no

Um homem de 46 anos, cuja identidade não foi revelada, foi preso neste final de semana em Piripiri transportando 2,8 mil litros de leite sem respeitar nenhuma das normas sanitárias de acondicionamento da carga. A bebida estava imprópria para consumo por causa das más condições de armazenamento.

A prisão se deu durante fiscalização de rotina em uma barreira da Polícia Rodoviária Federal montada na BR-343. Na abordagem, os policiais localizaram no compartimento de carga do caminhão a presença de dois tanques de plástico com aproximadamente 2.800 litros de leite in natura que eram transportados de Piracuruca para Teresina.


Foto: Divulgação/PRF

“A carga não tinha condições de higiene, refrigeração e conservação impostas pela legislação sanitária brasileira. Além disso, o condutor não apresentou documentação fiscal do carregamento perecível”, informou a PRF em nota. Ao ser questionado sobre a procedência da carga, o motorista informou aos policiais que costumava fazer este percurso transportando leite uma vez por semana e que o produto era destinado a hospitais de Teresina.

A PRF acionou a Vigilância Sanitária de Piripiri que compareceu ao local junto com uma médica veterinária do município, que atestou a insalubridade do produto e adotou os procedimentos cabíveis para a devida destinação da carga. Uma vez constatado que se tratava de alimento impróprio para o consumo, a PRF realizou os encaminhamentos cabíveis.

A carga foi apreendida e o motorista do caminhão foi preso e encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil de Piripiri para as providências cabíveis. Ele responderá pelo crime de vender, tem em depósito para vender ou expor à venda matéria-prima ou mercadoria em condições impróprias para o consumo, conforme prevê as leis de relações de consumo brasileiras.

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no
Fonte: Com informações da PRF-PI

Deixe seu comentário