Homem é assassinado com 10 tiros em Castelo do Piauí

O homem é acusado de assassinar o cigano Manoel Gomes

23/06/2013 14:38h

Compartilhar no

Um homem identificado como Pedro Tiago de Oliveira, conhecido como Macarrão, foi assassinado com pelo menos 10 disparos e uma facada na manhã de ontem (22). O crime aconteceu nas proximidades da linha férrea do bairro Cohab, no município de Castelo do Piauí, a 184 km de Teresina.

Fotos: Mais Castelo

Pedro Tiago de Oliveira, conhecido como Macarrão, assassinado a tiros e facada

Pedro Tiago teria sido perseguido por dois homens, ainda não identificados, e alvejado com disparos de revólver calibre 32 e 38, além de uma facada extensa na região da garganta. Ele é um dos acusados de assassinar o cigano Manoel Gomes (40) no dia 07 de outubro de 2011.

Segundo informações da polícia, Pedro Tiago tentou fugir de seus executores entrando em uma residência. “Macarrão estava correndo por cima da linha férrea, tentando escapar dos dois elementos. Em certo momento da perseguição, ele pulou uma cerca e entrou na residência de um cidadão, porém os elementos conseguiram alcançá-lo. Os criminosos dispararam contra Macarrão pelo menos dez vezes, a maioria [dos tiros] atingiu sua cabeça, perna e tórax.”, informou o policial Elias Júnior.

Morador que teve a residência invadida por Macarrão

De acordo com informações colhidas no local do crime, os elementos acusados de assassinar Macarrão, ao adentrar a residência onde o mesmo tentou esconder-se, iniciaram os disparos e deram continuidade mesmo vendo que a vítima estava caída ao chão.

Durante a fuga, os elementos esqueceram um capacete na cena do crime. A polícia trabalha neste momento com informações que podem levar a identidade dos assassinos.

Capacete deixa por um dos criminosos

Entenda o caso

Pedro Tiago e seu comparsa identificado apenas como Daniel são acusados pela Justiça de terem assassinado cigano Manoel Gomes com cinco facadas na madrugada do dia 07 de outubro de 2011.

Um ano depois, no dia 16 de novembro de 2012, dois homens em uma moto se aproximaram de um grupo de populares que conversavam nas proximidades da linha férrea, a procura de Daniel.

Percebendo que se tratava de uma emboscada, Daniel tentou fugir do local. Na mesma oportunidade, os dois elementos chegaram a efetuar alguns disparos contra a vítima, mas nenhum tiro atingiu o rapaz. Um popular identificado apenas como Nena foi atingido com um tiro de raspão.

A polícia acredita que a tentativa de assassinato de Daniel e o assassinato de Macarrão, estejam associados à morte do cigano Manoel Gomes.

Compartilhar no
Fonte: Mais Castelo

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário