Greco prende mais três suspeitos de sequestrar gerente do Itáu

Ao todo, oito foram presos por envolvimento na ação criminosa. Entre os presos, está o homem suspeito de ter rendido o gerente com uma arma de fogo.

22/03/2019 16:16h - Atualizado em 22/03/2019 17:04h

Compartilhar no

O Grupo de Repressão ao Crime Organizado (Greco) prendeu mais três pessoas suspeitas de envolvimento no sequestro do gerente de uma agência do banco Itaú em Teresina, crime ocorrido em 17 de janeiro deste ano. Segundo o Greco, os três últimos presos teriam participado diretamente na abordagem, transporte, vigilância e fornecimento da residência utilizada para manter a família e o gerente em cativeiro. 

Coordenador do Greco, delegado Tales Gomes, fala sobre as prisões. (Foto: Jailson Soares/O Dia)

De acordo com o coordenador do Greco, delegado Tales Gomes, os suspeitos identificados como Pablo Bruno Freire da Silva e Natália Roberta de Lima Caetano foram presos nesta quinta-feira (21) no bairro Alegria, zona Sul de Teresina. Já Thiago Lima Vieira foi preso nesta sexta-feira (22), no bairro Dirceu, zona Sudeste da Capital.

Pablo Bruno Freire da Silva é suspeito de ter fornecido o carro usado para a prática do crime. O veículo teria sido usado para transportar a família do gerente ao cativeiro e depois para fazer a liberação dos reféns. Enquanto Natália Roberta de Lima Caetano, esposa de Benício Rodrigues da Silva também preso por envolvimento no sequestro, teria sido responsável por contratar o imóvel utilizado como cativeiro na ação criminosa.

Coordenador do Greco, delegado Tales Gomes, fala sobre as prisões. (Foto: Jailson Soares/O Dia)

"Ela estava no momento em que a família estava lá [no cativeiro], ela que ajudava a esposa e a filha do gerente a irem ao banheiro, levava água e comida, ficava mais próxima dos familiares do gerente", relata o delegado Tales Gomes, acrescentando que Thiago Lima Vieira foi quem teria rendido o gerente na porta da residência, ficando com a arma em punho enquanto a ação criminosa se desenvolvia.


Leia mais: 

Sequestradores de gerente do Itaú fizeram máquina capaz de perfurar cofres 

Polícia prende seis pessoas por envolvimento em sequestro de gerente de banco 


Ao todo, oito pessoas foram detidas por envolvimento no sequestro e dois carros foram apreendidos, sendo um Punto que foi usado no transporte da família do gerente para o local do cativeiro e um Siena que foi usado para deslocamento do grupo criminoso durante a ação criminosa.

Punto usado no transporte dos reféns ao cativeiro. (Foto: Jailson Soares/O Dia)

O delegado Tales Gomes destaca que, com a captura dos três suspeitos, todas as prisões deferidas pelo Poder Judiciário foram devidamente cumpridas. As detenções são resultado de informações levantadas ao longo da investigação, inclusive através do reconhecimento de um dos suspeitos por meio da análise das câmeras de vigilância do local do sequestro. 

Com o fim do inquérito, os investigados serão indiciados por extorsão mediante sequestro e organização criminosa.

Siena usado para deslocamento do grupo criminoso durante a ação criminosa. (Foto: Jailson Soares/ O Dia)



Compartilhar no
Por: Nathalia Amaral, com informações de Chico Filho.

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário