Governo negocia compra de 500 mil doses da Coronavac com o Instituto Butantan

O governador Wellington Dias explicou que na avaliação de ordem legal é aberta essa possibilidade de venda direta aos estados, assim que finalizar o contrato com o Ministério da Saúde

14/08/2021 09:56h - Atualizado em 14/08/2021 11:31h

Compartilhar no

O governador Wellington Dias (PT) anunciou a negociação compra direta de 500 mil de doses de vacina Coronavac, produzida no Brasil pelo Instituto Butantan, que atua contra a Covid-19

Em agenda oficial, Wellington Dias esteve reunido com o presidente do Instituto Butantan, Dimas Covas, que sinalizou a possibilidade de entrega, já que em agosto está previsto o encerramento das 100 milhões de doses contratadas pelo Ministério da Saúde.

Foto: Divulgação/Ascom

O governador Wellington Dias explicou que na avaliação de ordem legal é aberta essa possibilidade de venda direta aos estados, assim que finalizar o contrato com o Ministério da Saúde. A previsão de entrega para os estados é em setembro.

“Acertamos que o Piauí, também, vai com outros estados do Nordeste confirmar a proposta que fizemos lá atrás de mais vacinas Coronavac. Agora em agosto, está previsto o encerramento com a entrega de 100 milhões de doses do Butantan ao Ministério da Saúde e, na avaliação de ordem legal, é aberta essa possibilidade de venda direta aos estados”, disse o governador.

Com isso, o governo espera imunizar, até outubro, toda a população acima de 18 anos. “Queremos trabalhar com a vacina Pfizer a vacinação das pessoas com menos de 18 anos com comorbidades e a partir daí aguardar as novas regras do Ministério da Saúde", finaliza. 

Compartilhar no

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário