Garota desaparecida há 3 dias é encontrada morta em motel da zona sudeste de Teresina

O principal suspeito do crime é o ex-companheiro da jovem, que não aceitou o fim do relacionamento

27/09/2012 12:58h

Compartilhar no

Escondido há três dias sob o colchão de um dos quartos da Pousada Oásis, localizada no bairro Parque Itararé, zona sudeste de Teresina, o corpo da jovem de 18 anos, Ana Paula Rodrigues Gomes, foi encontrado no fim da manhã de hoje (27). A suspeita é de que a garota seja mais uma vítima de crime passional em Teresina, sendo o ex-noivo o principal suspeito do crime.

Identificado Gilson Ferreira da Silva e foragido desde o desaparecimento da garota, o ex-companheiro de Ana Paula fazia ameaças constantes à jovem e aos familiares da moça, aos quais chegou a dizer que compraria cordas e armas para matá-la. Gilson não aceitou o fim do relacionamento, quando a garota quis por fim ao noivado, e passou a ameaçá-la.

"Ele vivia ameaçando, dizendo que ia matar a minha sobrinha. Foram muitas as ameaças", contou o tio da garota, Luiz Marcos da Silva Moura. Segundo ele, Ana Paula quis terminar o relacionamento por conta das brigas constantes que tinha com o acusado, mas Gilson não aceitou o término pacificamente.

O corpo foi encontrado três dias depois que a família informou o desaparecimento de Ana Paula. A família chegou a divulgar fotos da moça na esperança de encontrá-la. No e-mail divulgado pela família, havia a informação de que ela saíra com o suspeito e não retornara à sua casa.

O corpo de Ana Paula foi encontrado com marcas de enforcamento, escondido sob o colchão de um dos quartos da pousada. A cama com estrutura de concreto oferecia espaço para que o corpo ficasse escondido sem ser descoberto.
Os funcionários somente suspeitaram devido ao mau cheiro liberado quando o corpo entrou em estado de decomposição. O IML chegou ao local no fim da manhã de hoje para retirar o corpo.

Fotos: Jailson Soares/portalODIA.com

Ana Paula e o ex-noivo, Gilson Ferreira


Família apresenta fotografia do suspeito à polícia







Compartilhar no
Por: Maria Romero e Jailson Soares

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário